The Walking Dead – A Queda do Governado Parte Dois

Páginas: 306

Escritor(s): Robert Kirkman e Jay Bonansinga

Editora: Galera Record

Essa é estreia das resenhas literárias aqui no Matinê Cine&TV, o livro escolhido é o último que eu li. Confesso que demorei mais do que o desejado para lê-lo, mas mesmo assim estou aqui fazendo essa resenha para vocês. Espero que gostem.

120479183_1GG

A Queda do Governador Parte II é o último livro da primeira sequência de The Walking Dead. Essa primeira série de livros começou muito bem, trazendo a grande e esperada história do vilão mais icônico que tivemos até os tempos atuais no seriado, o Governador. Mas falando do que interessa. A história final é um pouco tediosa, os fatos acontecem rápido de mais e a linguagem usada no livro é bem simples, com algumas formalidades e palavrões que acabam tirando o brilho da história. Com certeza essas palavras de baixo calão são utilizadas para transmitir a realidade do mundo em que a história é ambientada, mas acaba tendo termos que deixam o enredo forçado.

Como o próprio nome diz, “A Queda do Governador”, o livro conta as últimas aventuras do líder de Woodbury. A história contada nos livros tem praticamente os mesmos acontecimentos da série, mas mostrados de pontos de vista diferentes. A perspectiva dos vilões é diferente e o Governador dos livros é muito mais insano do que o da série. Essa insanidade me desagradou muito nos últimos dois livros porque a história ficou muito apelativa no sentido de: “Eu sou o Governador e eu posso tudo.”.

Outro detalhe é que através da linguagem usada o autor tentou trazer um pouco do nosso dia-a-dia para a história e isso é ofuscado por causa dos acontecimentos surreais. Falo sobre mutilações, mas não darei muitos detalhes sobre isso porque já seria um spoiler. Só para lembrar que o livro gira em torno de outros personagens que não temos na série, então para quem pensa em  ler toda a sequência dos livros de The Walking Dead eu tenho um aviso: não esperem Rick e companhia aparecerem de cara porque não é bem isso, eles aparecem, alguns, mas em circunstâncias diferentes.

O livro foi muito bem traduzido pela editora Galera Record, a diagramação justificada das páginas está ótima, só não está perfeita porque temos alguns, poucos, erros gramaticais, borrões e letras desbotadas. A adaptação da capa do livro foi feita perfeitamente, e tal capa traduz o acontecimento final do livro.

Para quem gosta de The Walking Dead e quer conhecer mais histórias, analisar os fatos com outros olhos e quer saber a verdadeira história do Governador Phillip/Brian Blake, eu super indico, mas aviso que não espere muito deste último livro porque ele tem muitos altos e baixos.

É isso pessoal, essa foi a primeira resenha do Matinê Cine&TV e eu espero que tenham gostado. Para quem já leu o livro deixe sua opinião nos comentários para debatermos  e para quem não leu e ficou interessado também. Todos os comentários serão repondidos e dúvidas atendidas por mim. Até a próxima.

COMPARTILHAR
Editor-chefe e criador da Matinê Cine&TV. Fã de Harry Potter, O Senhor dos Anéis, Planeta dos Macacos, Star Trek, Star Wars, Marvel, DC Comics. Na TV The Walking Dead, Shameless, Jessica Jones, The Handmaid's Tale, entre outras, são algumas das suas favoritas.

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here