Imagem: Banco de Séries
Imagem: Banco de Séries
Imagem: Banco de Séries

Agora sim, acabou a brincadeira em Scream. O drama teen de terror evoluiu muito em cada episódio exibido. Into the Trenches conseguiu superar os anteriores e trouxe tensão e medo do início ao fim. A qualidade de produção e roteiro no primeiro ano da série estão realmente me impressionando, não por ser algo fantástico, mas por me instigar a querer mais e mais do show de terror adolescente.

O sétimo episódio deu continuidade aos romances de mãe e filha com o xerife e seu filho, mas vimos que “os jogos” começaram de uma forma mais séria. Ou seja, realmente acabou a brincadeira. O serial killer se mostra virtuoso e criativo, sempre propondo novas situações onde o objetivo não é apenas matar, mas sim superar o crime anterior.

O episódio anterior terminou com Piper e Will sendo atacados pelo misterioso assassino, onde Will acabou sendo sequestrado. Tal fato conseguiu unir os outros quatro jovens sobreviventes, apesar de alguma mentiras e divergências entre eles, para acharem o garoto desaparecido. Toda a busca levou eles a um boliche abandonado na cidade de Lakewood. Ao ver o lugar já me vieram pensamentos na cabeça, que me deixaram perturbado. Mesmo que em certo ponto o terror colocado nas cenas foi mais para nos deixar apreensivos do que com medo, a produção conseguiu construir um clima. Com isso quero dizer que não tivemos simplesmente uma troca de cena com o terror de cara, mas vimos um pavor ser construído minuto à minuto como deve ser feito.

Imagem: Banco de Séries
Imagem: Banco de Séries

Tudo isso me parecia uma escadinha, a cada degrau que subiam o grau de medo ou apreensão aumentava e quando tudo tinha ficado bem e o chão ficou plano nós nos deparamos com mais um degrau. E esse acabou sendo o fim da escada e com certeza de mais uma vítima.

Considerações:                                                                                                                                                          Acho que a série está indo super bem conseguindo prender a atenção das pessoas e instigando a curiosidade que temos em saber como tudo isso vai acabar. O único problema é que o fator Teen as vezes dá uma leve queda na qualidade, mas lógico que isso é necessário e é normal acontecer. Acredito que se tivermos menos desses elementos e mais do suspense que vimos nesse episódio a história vai crescer ainda mais.

COMPARTILHAR
Criador da Matinê, está no 6º semestre do curso de jornalismo no Centro Universitário Ritter dos Reis - UniRitter. Aqui escrevo sobre filmes e séries a partir da minha perspectiva de mundo, sem medo de mostrar a todos o meu entendimento pessoal daquilo que assisto. O debate de pontos de vistas diferentes é livre, e sempre bem-vindo.