[Review] Fear The Walking Dead – 1×04 – Not Fade Away

Compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Email this to someone
Fear TWD 1x04
Imagem: Banco de Séries

O episódio mais morno da temporada, mas isso não quer dizer que tenha sido ruim. Parado, lento e como gostam de comentar na internet “zZzZzZ”. Sim, o quarto episódio foi tudo isso sem deixar de ser ruim e envolvente. Tudo que vimos em Not Fade Away foi necessário devido a todos os acontecimentos, confiram o porquê disso agora.

As primeiras zonas de segurança começaram a ser instaladas em pontos estratégicos das cidades, mas enquanto as pessoas se iludem com a sensação de segurança as milícias começam a surgir. Por que milícias? Ficou evidente que o governo não está mais no controle, mesmo que mandem mensagens, controlem os hospitais entre outros fatos de maior importância. Os militares estão deixando de ser subordinados para assumir o controle total da situação, já que eles são responsáveis por essa chamada “sensação de segurança”. Todos os podres do momento atual do governo virão à tona, segredos escondidos, carnificinas em massa ou até mesmo a aniquilação de pessoas em zonas que não interessam politicamente.

Como eu já disse em reviews anteriores a preocupação de Fear TWD não é apenas  de mostrar o que deu origem a praga zumbi. O principal que Robert Kirkman quer mostrar para o seu público é como tudo começou. Dentro disso nós que acompanhamos The Walking Dead nos perguntamos se isso é realmente necessário, porque o que realmente queremos saber é o que causou tudo isso. A resposta para esse questionamento é simples: não é necessário. Mas o poder de um bom escritor é tornar uma história interessante e isso Kirkman está conseguindo fazer muito bem no prequel.

Imagem: Banco de Séries
Imagem: Banco de Séries

Indo a diante, o episódio nos trouxe alguns personagens e buscou consolidar outros, por exemplo, Chris e Maddy. Além de Alicia e Nick, os dois que citei antes podem crescer mais e assumir papéis importantes, o que eu não vejo nem a pau no Travis. Alicia está se tornando mais amarga e mostra um grande sofrimento com tudo que está acontecendo. Nick, por outro lado, me parece ser um personagem de altos e baixos onde tem sua importância em alguns momentos e em outros tem o foco no seu problema com as drogas. Chris parecia um moleque mimado irritante, mas talvez esteja mudando um pouco. Travis é uma perdição em pessoa, esse personagem realmente não me agrada e falo por mim quando digo não vejo Travis e Chris sendo Rick e Carl de Fear.

Por fim, Daniel Salazar é alguém que me deixa curioso. O que será que ele ainda tem guardado? Antes de encerrar vou fazer um breve comentário. Como vai ficar a questão do sinal de luz? Será que os militares realmente acharam quem estava fazendo aquilo e mataram a pessoa? Estou curioso.

Bom, tenho um ótimo pressentimento quando penso no futuro de Fear The Walking Dead por ser outra história, outro ambiente e outros dramas a serem trabalhados. Espero algo muito bom nos dois últimos episódios da temporada. E vocês o que estão acharam?

Compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Email this to someone
,

Comentários

Editor-chefe e criador da Matinê Cine&TV. Fã de Harry Potter, O Senhor dos Anéis, Planeta dos Macacos, Star Trek, Star Wars, Marvel, DC Comics. Na TV The Walking Dead, Shameless, Jessica Jones, The Handmaid’s Tale, entre outras, são algumas das suas favoritas.

Você Também Pode Curtir