Imagem: SpoilerTV
Imagem: SpoilerTV
Imagem: SpoilerTV

Terminamos o episódio anterior com uma grande revelação. Finalmente descobrimos a verdadeira identidade de Jane Doe e, consequentemente, temos o motivo da nossa bela ex – desconhecida ter o nome do Agent Weller tatuado em seu corpo.

A cada episódio, a coadjuvante Patterson, vem se destacando. Com o seu forte interesse por enigmas, estilo nerd sexy e a sua capacidade de descobrir as pistas certas. É a perspicácia de Patterson (com a ajuda de seu namorado David), que direciona Jane e a equipe de Agents para um novo caso. É nesse momento que somos levados ao Centro de Controle de Doenças – CDC, onde durante a investigação, temos uma das cenas mais interessantes do episódio, descobrindo que há várias formas de tatuar pistas em um corpo. Quem não se surpreendeu com a cena de descontaminação usando luz ultravioleta? Tenho certeza que todo mundo! Ninguém esperava por essa, nem mesmo o FBI.

Imagem: SpoilerTV
Imagem: SpoilerTV

Entre os segredos de departamento e a violação da segurança do lugar que abriga doenças mortais, presenciamos o diálogo de dois amigos de infância, seguidos de flashbacks, que ajudam ao telespectador a entender como aconteceu o sequestro de Taylor Shaw.

O ritmo desse episódio é mais dinâmico, permitindo você ver vários momentos importantes, que transmitem informações para o desfecho da história. Entre cientistas tentando mudar o mundo, precisando exterminar uma parte da humanidade para isso, Agents do FBI tentando salvar o próprio pescoço e cenas de ação empolgantes, conseguimos presenciar relações se desenvolvendo e escolhas sendo feitas.

Com a ameaça de um surto de doença sem cura e uma corrida contra ao tempo, Blindspot nos mostra, mais uma vez, que veio para ficar. Com toques de ação e drama, nos leva há um novo nível quando o assunto é conspiração e assuntos inacabados do passado.

COMPARTILHAR
Pedagoga, apaixonada por livros, filmes e séries que envolvam muito mistério, romance e ficção. Dorameira assumida que descobriu as maravilhas cinematográficas do continente asiático!