[Review] Arrow – 4×04 – Beyond Redemption

Compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Email this to someone
Imagem: SpoilerTV
Imagem: SpoilerTV

Parece que coisas escondidas aguardam Oliver Queen no futuro.

Digo isso porque, como sempre nas outras temporadas, os acontecimentos do presente acompanham os acontecimentos do passado na vida do Arqueiro. Nesse episódio vimos que Oliver ajudou uma mulher em uma das partes da sua vida na Ilha, e pode esperar porque essa mulher em alguma hora aparecerá para ajudar o Arqueiro e sua trupe, ou na verdade até mesmo ajudar Oliver em sua empreitada como Prefeito de Star City.

Vimos ainda no episódio o desfecho (ou não) da “amizade” do Captain Lance com Damien Darhk. Não era exatamente o que eu esperava, talvez pela surpresa em ver que o policial sempre correto estava envolvido com um cara das sombras.

E na subtrama da série  temos uma Laurel de decisões que não fazem sentido que anda me deixando um pouco confuso. De fato a personagem de Katie Cassidy sempre de decisões concretas não queria muito sobre o que pensavam das opiniões dela, porém a decisão de trazer Sara de volta ao mundo dos vivos me parece um pouco insana, quando até mesmo Ra’s Al Ghul, que é o mestre das sombras, não indica que o fizesse. Mas claro que isso se dá a criação forçada das bases para Legends of Tomorrow, onde Sara será a Canário Branco.

Imagem: SpoilerTV
Imagem: SpoilerTV

Como vimos na temporada anterior Ray Palmer, o Atom, morreu (ou desapareceu) em uma explosão na sua armadura, e no episódio foi revelado que ele deixou um áudio para Felicity, que não podemos ouvi-lo todo antes que o episódio terminasse. Mas uma vez que o Atom está confirmado em Legends of Tomorrow, é certo que ele tem que voltar. Eu aposto no projeto de miniaturização de Ray, que talvez possa ter dado muito certo e assim a explosão te-lo jogado pra muito longe. Ou também Rip Hunter que nos quadrinhos é o recrutador da equipe de LoT, e viajante do tempo que possa ter salvado Ray, mas enfim, com certeza que veremos nos próximos episódios o que realmente aconteceu.

Quanto ao episódio, no geral fiquei feliz com o enredo, no final foi deixado um clima de coisa grande vindo por aí, e é desse tipo de coisa que eu gosto. A cada episódio fico me pedindo desculpa por ter acreditado que a temporada ia ser (mais) um fracasso, espero não me arrepender disso.

Compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Email this to someone
,

Comentários

Leonardo Santos – 22 anos – Fixado em HQ’s, séries e filmes baseadas em quadrinhos como Demolidor, Flash, Agents of Shield e Potterhead desde a infância. Apaixonado pelo jornalismo, viu a oportunidade de juntar as coisas que mais ama, se tornando um dos editores do Matinê Cine&TV.

Você Também Pode Curtir