Imagem: Banco de Séries
Imagem: Banco de Séries
Imagem: Banco de Séries

Aqui estou novamente com as reviews de Gotham, sim estão atrasadas, eu sei, mas vou fazer com que o atraso valha a pena. Ao invés de dividir a review em duas partes eu irei comentar tudo em um único texto para ficar melhor. E olha, vai ser uma tarefa muito difícil porque esses dois episódios foram fantásticos.

Em “The Son of Gotham” tivemos o julgamento de Theo Galavan, James Gordon se unindo as forças do Pinguim, Bruce Wayne tendo o seu grande momento na série até agora e vários outros plots secundários se desenvolvendo em paralelo com os principais.

Bom, começando pelo mais importante, a teoria de que os encapuzados que falava sobre eles serem a Ordem de São Dumas estava correta, e obviamente, Theo Galavan seria o campeão criado pela Ordem para ser a nova personificação de Dumas. Isso foi realmente fantástico e veio como um soco direto na cara dos fãs que tiveram que engolir isso rapidamente porque tudo, nesses dois episódios, foi muito rápido.

Destaco também que durante o episódio a gente viu o melhor momento de Bruce Wayne na série, ao longo dessa temporada ele teve muitos altos e baixos em relação ao amadurecimento dele. Em alguns momentos ele demonstrava crescimento e em outros ainda víamos um pouco da inocência dele. But, nesses últimos episódios vimos que ele não é mais aquela criança birrenta e, que agora, tem alguns lampejos de  frieza em relação as suas ações e sentimentos, principalmente o afeto.

Imagem: Banco de Séries
Imagem: Banco de Séries

Por outro lado James Gordon não precisa mais provar nada porque todos nós já sabemos do que ele é capaz. A maneira que o personagem se conduz depois de ser nomeado como um fora da lei foi muito boa. A cena que eu mais me espantei foi ele “manipulando” o encapuzado em busca de respostas, só com poucas palavras ele achou o que precisava. James Gordon é um dos melhores protagonistas da atualidade e Gotham se figura entre as melhores séries em todos os sentidos, seja produção, elenco, roteiro e tudo mais.

Já no episódio final, onde todos os acontecimentos da temporada nos levaram para uma eclosão maravilhosa em que a história mostrou que os vilões do Batman merecem atenção e o reconhecimento do público. Alguns podem ter ficado no caminho, ou não, mas com certeza existe espaço para todos os vilões do Homem Morcego nas ruas de Gotham City. O que fica de tanta coisa que aconteceu nessa fall finale de Gotham é que o Senhor Frio está chegando por aí, e uma pergunta que eu tenho para todos é: Será que foi só isso? Vimos no final o Pinguim colocar o guarda-chuva goela abaixo do Galavan, mas também vimos mais uma vez Indian Hill. O que isso quer dizer? Aguardem…

COMPARTILHAR
Criador da Matinê, está no 4º semestre do curso de jornalismo no Centro Universitário Ritter dos Reis - UniRitter. Aqui escrevo sobre filmes e séries a partir da minha perspectiva de mundo, sem medo de mostrar a todos o meu entendimento pessoal daquilo que assisto. O debate de pontos de vistas diferentes é livre, e sempre bem-vindo.