[Review] The Walking Dead – 6×07/08 – Heads Up/ Start to Finish

Compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Email this to someone
Imagem: Banco de Séries
Imagem: Banco de Séries

Enfim chegamos a mais uma Fall Finale de The Walking Dead, dessa vez nada alucinante, apenas a conclusão de uma história e a dúvida de como as coisas serão novamente após um ataque de zumbis.

Para começar vou perguntar uma coisa para vocês que estão lendo o texto, alguém ai ficou surpreso com a sobrevivência do Gleen? Não, né? Nem eu. Foram quatro episódio para vermos algo tão simples, que quando você vê parece “nossa foi só isso?”. Essa foi a minha reação porque isso não foi para dar um grande ganho a história, foi pura estratégia de audiência. The Walking Dead é a minha série favorita, mas nesse plot do Gleen, Robert Kirkman, me decepcionou. Admito que foi muito bem trabalhado, principalmente tirarem os créditos do ator na abertura, mas era óbvio que o Gleen estaria vivo, pelo menos até o final da temporada.

A volta de um dos personagens mais queridos da série foi bem arquitetada e caiu nas mãos dele cuidar da enigmática Enid. Desde “JSS” essa menina vem me deixando curioso para saber o que aconteceu com ela no passado, e qual a moral da sigla JSS que vem aparecendo há algum tempo nos episódios?

A temporada de TWD está com um enredo bem consistente, com mais história dentro da vida de sobrevivente dos personagens. Alguns pontos não estão favorecendo muito para que seja uma ótima temporada, e o principal deles é o “mi-mi-mi” do Morgan. A conversa entre ele, Rick, Carol e Michone já deveria ter acontecido há algum tempo, mas Kirman quis que fosse agora. O mesmo acontece quando digo que esse plot o Gleen poderia ter acontecido antes. Para fechar com chave de ouro a torre de Alexandria caiu por cima do muro de metal dando a chance dos zumbis invadirem a comunidade e para ai sim trazer emoção e o foco nos walker’s.

Em Start to Finish a horda tomou conta de Alexandria e os moradores começam a se esconder. Graças as deus Carol foi se esconder junto com o Morgan e teve a primeira iniciativa de tentar acabar com o mi-mi-mi dessa temporada.

Imagem: Banco de Séries
Imagem: Banco de Séries

O núcleo principal foi para a casa da Jess e lá tivemos vários probleminhas. O melhor foi a briga do Carl e depois ele desarmando o rapaz, foi o que todos esperávamos. A Deanna já foi tarde, na minha humilde opinião, eu já esperava que até o final da primeira parte da temporada ela morreria porque com ela ou não o controle de Alexandria ficaria com o Rick de qualquer jeito.

O final foi em um clima meio nostálgico, relembrando a época que o Rick fez a mesma coisa, se não me engano na primeira temporada. O final deixou tudo em aberto, o futuro dos personagens, o futuro de Alexandria, se o plano deles vai dar certo, o que vai acontecer depois com Carol e Morgan, os outros moradores como Tara e Rosita junto to do Eugene e o Gleen com a Enid… Em fevereiro iremos descobrir.

Compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Email this to someone

Comentários

Editor-chefe e criador do Matinê Cine&TV é estudante de Jornalismo, leitor, cinéfilo e seriador. Declarado fã de Harry Potter e O Senhor dos Anéis, Matheus, adoraria viver um apocalipse zumbi em TWD, ou lutar contra os exércitos de Westeros em GoT, mas se contenta em assistir essas e outras dezenas de séries na vida real.

Você também pode gostar