[Primeiras Impressões] DC’s Legends of Tomorrow

Compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Email this to someone
Imagem: Banco de Séries
Imagem: Banco de Séries

Enfim chegou o primeiro episódio de DC’s Legends of Tomorrow. O spin-off de Arrow e The Flash estava sendo muito aguardado pelos fãs de ambas as séries, depois de um trailer eletrizante que causou euforia em quem queria assistir. O resultado da criação desse spin-off é digno de aplausos pelo ótimo roteiro, desenvolvimento, a química dos personagens, os bons efeitos e uma narrativa rápida e dinâmica.

Pilot foi um episódio muito consistente e que trouxe uma mensagem forte: Cheguei! Foi isso que DC’s Legends of Tomorrow tentou passar para o público, tanto que arrecadou uma enorme audiência que não era registrada a anos pela The CW. A principal vantagem foi que os personagens, exceto Rip Hunter, já são conhecidos de longa data por causa de Arrow e The Flash. Então não foi preciso perder 15 minutos do episódio para apresentar cada um dos seus personagens, foi muito mais simples, gastaram apenas 3 ou 5 minutos para mostrar o que cada um estava fazendo.

Outra tarefa que Legends of Tomorrow tinha era aprofundar um pouco mais a história da Mulher-Gavião e do Gavião-Negro. Vimos uma pequena parte disso porque ambos tem 4000 anos de história, fato que lembram incansavelmente durante o episódio. A trama pega o gancho do crossover entre Flash e Arrow, Vandal Savege, o imortal, que persegue o casal gavião a séculos. O vilão não teve uma notoriedade tão grande assim no crossover, mas tem tudo para ser um bom personagem.

Imagem: Banco de Séries
Imagem: Banco de Séries

Falando em personagens é interessante vermos que nenhum deles assumiu um protagonismo nas suas séries, tirando o Ray Palmer e o Prof.º Stein que tiveram seus bons momentos, os outro vão poder mostrar o potencial que sabemos que eles tem. Isso que comentei agora influência na química dos atores e dos personagens, que foi ótima. O importante foi poder apresentar a equipe em formação e como seria o relacionamento deles, com doses pequenas de um alívio cômico inteligente Legends of Tomorrow entregou um piloto cativante.

Com algumas sub tramas a história cresceu bastante durante o episódio. Não foi apenas a missão de impedir Vandal Savege de destruir a humanidade e a terra, mas tivemos a causa disso, contada pelo Hunter no final do episódio. Essa revelação causou um efeito muito interessante que fez os membros da equipe pensar se iriam ajudar ou não. As lendas do amanhã já iniciaram o seu processo para deixar de serem apenas heróis e vilões de pouca expressão. E depois que isso acontecer como vai ser? Teremos uma nova formação de lendas ou irão continuar mostrando porque são lendas?

Mas como nem tudo é uma maravilha, algumas coisas ainda precisam melhorar e a principal delas é a Kendra, que está no famoso mimimi em estado de negação do passado, não admitindo que lembra de algumas coisas. Isso está fazendo com que uma das melhores personagens da Liga da Justiça não passe de uma enjoadinha, que nesse momento é o que parece. Outro errinho básico foi a questão dos trajes dela e do Gavião-Negro que surgem do nada, principalmente porque foram de mãos vazias para a nave do Hunter.

Para um piloto Legends of Tomorrow conseguiu agradar a praticamente todos que assistiram, tanto o público como os grandões, investidores e tudo mais que viram uma história forte, ótimos personagens, um desenvolvimento dinâmico com efeitos especiais muito dignos e de extrema qualidade. Basta ver se os pontos positivos, que foram muitos, irão continuar tão consistentes e como a temporada irá se desenvolver.

Compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Email this to someone
,

Comentários

Editor-chefe e criador da Matinê Cine&TV. Fã de Harry Potter, O Senhor dos Anéis, Planeta dos Macacos, Star Trek, Star Wars, Marvel, DC Comics. Na TV The Walking Dead, Shameless, Jessica Jones, The Handmaid’s Tale, entre outras, são algumas das suas favoritas.

Você Também Pode Curtir