[Review] Game of Thrones – 6×01- The Red Woman

Compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Email this to someone
Imagem: Arquivo Pessoal/ Mari Barros
Imagem: Arquivo Pessoal/ Mari Barros

Eu o vi nas chamas, lutando em Winterfell.”

Enfim, Game of Thrones retornou!

Logo no início do episódio ouço os uivos desesperados e angustiados do Fantasma, o lobo gigante de estimação de Jon Snow, e aí surge no chão o seu corpo, imóvel, ensanguentado e sem vida. Sir Davos, alguns fiéis irmãos da patrulha e Fantasma tomam conta do corpo de Jon Snow e esperam por ajuda, pois Thorne e os outros patrulheiros representam uma ameaça.

A fuga de Sansa e Theon, onde finalmente Theon enterra Fedor e ajuda Sansa não somente em sua fuga, mas também a apoiando. Nisso aparece Brienne salvando o dia e confesso que fiquei emocionada que depois de uma longa jornada finalmente ela consegue cumprir a sua promessa a Lady Catelyn, fazer o juramento à sua nova senhora e ser aceita por Sansa.

Jamie retorna a Porto Real (King’s Landing) com o corpo de Myrcella, a sua filha com Cersei. É impressionante que apesar de todas as maldades cometidas por Jamie e Cersei, eu fique sensibilizada com o luto deles. Não simpatizo ou torço por eles, mas é notório o sentimento que existe entre os irmãos e o amor por seus filhos, como também a retaliação que irão promover. Também em Porto Real Margaery continua presa pelo Alto Pardal e parece que a sua libertação não está próxima.

Em Dorne, Ellaria Sand que envenenou Myrcella por vingança, assassina também Doran Martell e tem a ajuda das Serpentes de Areia para matar também o filho do cunhado, colocando assim um fim a paz pregada pelo finado príncipe Doran. Acho tudo em Dorne tão cansativo e sem brilho mesmo envolvendo assassinatos e rebeliões.

Mereen sofre com a ausência de Daenerys e com os incêndios provocados por rebeldes. Daenerys, que foi levada pelos Dothrakis é apresentada ao seu líder, Khal Moro, que afirma que ela será a sua escrava. Mas Daenerys conta que era a kahleesi de Drogo e A Mãe dos Dragões, então fica sabendo que como viúva de um khal será levada para viver com outras khaleesis, viúvas. Não posso deixar de mencionar a saga dos apaixonados em busca de sua amada e o impressionante detector de metais que é Jorah Mormont.

Arya apareceu bem rapidinho e ainda cega, mas mostrando que é forte e que vai continuar o seu treinamento.

Imagem: Arquivo Pessoal/ Mari Barros
Imagem: Arquivo Pessoal/ Mari Barros

Voltando a Muralha, Jon continua morto, Sir Davos parece ter fé no poder de Melisandre e ela, a Mulher de Vermelho, disse ter visto Jon nas chamas lutando em Winterfell. Termina o episódio com Melisandre ficando nua, olhando o seu reflexo no espelho, tirando o colar e mostrando a sua verdadeira face. É, não foi dessa vez que a outra pergunta foi respondida: Jon Snow volta ou não?

Foi um bom episódio, focado no poder das garotas como Sansa, Brienne, Arya, Daenerys, Cersei e Melisandre. Ansiosa pelo retorno de Bran, sobre o poder de Melisandre e se ela trará de volta o querido Jon Snow. E seja bem-vinda Game of Thrones, você fez muita falta!

GoT¹: Momento medo do episódio com Ramsay pressionado com a morte de sua amante Myranda, a fuga de Sansa, a perda de um possível herdeiro e ficando em segundo plano com o nascimento do seu futuro irmão. Ramsay dessa forma tende a ser bem assustador. (Fato está encaminhando ele para o destino de continuar sendo o bastardo que sempre foi, construindo o arco do episódio 9.)

Compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Email this to someone

Comentários

Educadora, apaixonada por livros, séries e filmes. Gostaria muito de encontrar um portal e assim poder viajar no tempo por diversos lugares e épocas. Como ainda não achei viajo através das histórias dos vários personagens que encontro nesse universo maravilhoso e mágico de versos, rimas e letras.

Você também pode gostar