[Review] Outlander – 2 x06 – Best Laid Scheme

Compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Email this to someone
Outlander Livros e Série Brasil
Outlander Livros e Série Brasil

Você me prometeu!
Sinto muito. Eu precisava. J.”

O episódio começa com um Jamie pensativo, Murtagh chegando animado porque Black Jack Randall foi solto e o duelo pode ser realizado. Jamie diz que retirou o desafio e que não haverá mais duelo. Murtagh fica revoltado e pergunta o por quê? Jamie responde ter uma boa razão, que é complicado e que não pode contar. Murtagh sai muito bravo e sem entender essa passividade de Jamie.

Claire está trabalhando no hospital, sua barriga está bem grande e ela também demonstra estar cansada. Monsieur Forez pede a sua ajuda para preparar um homem que precisa ser enterrado. Eles conversam e Monsieur Forez explica um pouco do que consiste o seu trabalho, pois ele não se considera só um executor, mas um artista. Ele descreve um pouco de suas práticas porque para enforcar um homem ou mulher, mutilar e esquartejar, é necessária uma grande habilidade, onde a vítima deve ser enforcada com cuidado para que o pescoço não seja quebrado, então quando a morte se aproxima ele enfia a mão na cavidade torácica, aperta o coração rompendo os vasos para que o órgão seja retirado enquanto ainda pulsa, agradando assim a multidão e o resto é só carnificina. Diz que foi chamado pelo rei para prestar os seus serviços, que soube que praticantes das artes ocultas seriam presos e todos aqueles que se associassem a eles; e deixa claro que sabe da sua ligação com Mestre Raymond. Olha poucas vezes vi um profissional tão encantado com a sua profissão como Monsieur Forez… Bem assustador.

Preocupada Claire procura Mestre Raymond e conta que o rei está em uma missão de prender os praticantes das artes ocultas de Paris e que ele precisa fugir o mais rápido possível porque teme que ele esteja em perigo e conta sobre a conversa que teve com Monsieur Forez. Mestre Raymond agradece e diz que ela também se pôs em grande perigo, mas Claire diz que isso é o que os amigos fazem. Despedem-se e Mestre Raymond diz que a verá novamente nessa ou em outra vida.

Claire já está em casa e recebendo uma massagem nos pés de Jamie, certo eu entendi que eles fizeram as pazes e é sempre muito bom vê-los juntos e carinhosos, mas depois de toda a tensão e mágoa que ficou entre eles, eu queria ter visto essa reconciliação, viu senhores roteiristas e diretores. Voltando, Claire diz que essa massagem era tudo o que ela precisava, Jamie disse que andou pensando quando ela disse que ele lhe devia uma vida e percebeu que ele também a salvou algumas vezes, então estavam quites. Portanto, não deixou BJ vivo como pagamento de uma dívida, já que acredita que não deva nada a Frank, que ela teve a chance de escolher e escolheu a ele. Claire volta a dizer que Frank é inocente, Jamie diz que o que BJ fez a ele foi pior que a morte e que só a morte poderá resolver o que existe entre eles. Claire quer saber por que ele fez a promessa, ele diz que não confia no Príncipe Charles e que por mais que eles tentem prejudicá-lo, ele é um homem ardiloso e que pode convencer homens a segui-lo culminando assim na derrota em Culloden. Ele quer que tenha um lugar seguro para ela e o filho deles, quer que tenha alguém para cuidar deles e que seja um homem que a ame. Então, Jaime a faz prometer que quando chegar o momento, ela retornará pelas pedras de volta para Frank. Ah, Jamie é muito amor… E a tristeza e o medo estampados no olhar de Claire foi de quebrar o coração, bom pelo menos o meu.

Claire está usando as suas ervas para tentar imitar os sintomas da varíola e assim impedir o sucesso do empreendimento de vinho do Príncipe Charles. Se conseguirem fazer com que o dono do porto destrua o depósito do Conde de St.Germain, o Príncipe Charles perderá o investimento. Claire ensina Fergus a usar as ervas e pede para que ele preste atenção, depois aplica em Jamie que começa a apresentar os sintomas da varíola. Ela diz que se os empregados do Conde de St.Germain beberem o vinho batizado com a solução de ervas e usarem as roupas com o sumo de urtiga, eles vão apresentar os sintomas da doença. Murtagh está muito bravo  com a situação de “disfarces e jogos” que eles estão vivendo. Jamie e Claire concordam que chegou o momento de contarem toda a verdade para ele. Então, Jamie conta a Murtagh sobre tudo o que se refere à Claire. Murtagh diz que se ele acredita que a esposa dele é uma bruxa, quem ele é para discordar e dá um soco em Jamie por ele não ter confiado nele desde o início.

Claire e Murtagh conversam sobre ela ser quem é e ele pergunta se ela sabe o que acontece com os jacobitas. Claire confirma e diz que só eles trabalhando juntos é que poderão impedir que isso aconteça. Murtagh pergunta se ela sabe quando ele vai morrer e ela diz que não sabe sobre nenhum deles.

Jamie e Fergus vão até o depósito do Conde de St.Germain, misturam a solução de ervas no vinho que os funcionários vão beber e passam a tintura de urtiga nos casacos dos funcionários.

Retornando a Paris, Jamie é chamado para um encontro com o Conde de St.Germain e o Príncipe Charles, que diz que uma catástrofe aconteceu e uma doença misteriosa que ninguém consegue diagnosticar atingiu os empregados do depósito. Charles exige que Jamie faça o transporte do vinho e como o Conde de St.Germain não confia em Jamie, ele vai junto para vigiá-lo.

Murtagh vai se passar por um dos bandidos dos Les Disciples Du Mal e para isso está se vestindo com boas roupas e o seu humor não é dos melhores. Depois de pronto ele pede que se ele for pego para que Jamie faça o favor de matá-lo, pois ele se recusa a ser enforcado vestido desse jeito. Impossível não amar Murtagh e o seu humor ácido.

Jamie e Claire estão na cama e enquanto ele faz carinho na barriga dela, Claire pede desculpa por mais cedo e diz que coisas ruins acontecem quando eles não estão juntos. Jamie diz que eles sempre vão achar um caminho para se encontrarem. Então, Jamie sente o bebê mexendo e pergunta se ele pode ouvir, Claire diz que ela pode sim. Jamie diz que ela é uma filha pequenina, que ele é o seu pai e que não vê a hora de conhecê-la. Eles se beijam, há união, carinho, esperança e eles têm uma noite de amor.

Enquanto Jamie e Murtagh vão realizar os seus planos, Claire está visitando Louise para tentar distrair-se das suas preocupações, mas ela perde a paciência com tanta futilidade e vai para o hospital tentar ser útil.

O plano de Jamie dá certo, a carga de vinhos é roubada e Jamie ainda passa por herói salvando a vida do Conde de St.Germain. O Príncipe Charles está desolado com o que aconteceu com a carga, o Conde de St.Germain  desconfia que Jamie tem algo  ver com o que aconteceu, mas Charles lembra que Jamie o salvou de injúrias e até da morte. Charles diz que o seu pai, o Rei, e Deus estão desapontados e chora com o que o futuro lhe reserva.

No hospital Madre Hildegarde percebe que Claire não está bem, pede que ela deite, descanse e durma no hospital, nota então que Claire tem um pequeno sangramento, mas que ela não precisa se preocupar porque ela supõe que o bebê só esteja mudando de posição.  Claire pede que Fergus avise Jamie.

Jamie fica sabendo por Fergus que Claire dormiu no hospital, mas que está bem. Jamie diz que Murtagh foi vender a carga de vinho roubada e ficará um mês ou mais afastado, ao que Fergus lamenta a falta que o “bom humor” dele fará. Suzette avisa que o Príncipe Charles está arrumando confusão no bordel por não querer pagar as suas despesas.

Jamie e Fergus vão até o bordel e enquanto Jamie tenta resolver a confusão, Fergus que parece não ter perdido os velhos hábitos entra em um quarto e pega uma colônia, mas é surpreendido. Nesse quarto está pendurada uma casaca vermelha de um oficial inglês, o que me leva a ter arrepios ao pensar de quem possa ser essa casaca.

Imagem: Far Far Away Site
Imagem: Far Far Away Site

Claire volta para a sua casa e percebe que os empregados estão nervosos, ao perguntar a Suzette onde está Jamie, a empregada acaba revelando que ele foi duelar com um oficial inglês com quem ele brigou no bordel. Claire encontra uma carta que diz: Sinto muito. Eu precisava. J.

Claire se desespera e sai em busca de Jamie com o seu empregado Magnus. Ela começa a passar mal e a dizer que ele havia prometido a ela. Eles chegam ao local e Claire Jamie e BJ duelando, começa a sentir muitas dores, mas não interrompe com medo de provocar algo que seja fatal, então ela espera para ver qual dos seus homens morrerá: Jamie ou Frank.

Durante a luta BJ provoca Jamie que o acerta abaixo da barriga, BJ cai e começa a sangrar. Nesse momento Claire sangra muito e grita por Jamie, chega a guarda que não deixa Jamie chegar até Claire, ele se desespera e grita por Claire. Claire em um último esforço pede que a levem para Madre Hildegarde no hospital, a câmera foca em seu rosto cheio de dor e desespero; e ela desmaia.

Assistir e ler Outlander é como participar de uma viagem maravilhosa, fantástica e muito sofrida. E não foi diferente com este episódio, foi um ótimo episódio escrito por Matthew B. Roberts e dirigido por Metin Huseyin, com um bom ritmo e muita tensão na cena final, a cena do duelo foi bem coreografada com bom desempenho de Sam Heughan e Tobias Menzies. E mais uma vez uma atuação maravilhosa de Caitriona Balfe, que consegue só com um olhar demonstrar todo o sofrimento e dor de sua personagem. Escrevi com o coração na mão essa postagem e acredito que o próximo episódio será destruidor, então preparem-se porque haverá muita dor e sofrimento, eu ainda não estou preparada.

OUT¹ : Murtagh o sábio¹: “Ou, nós podíamos cortar a garganta do almofadinha italiano e acabar logo com isso.”

OUT²Murtagh o sábio²: “Eu não gostaria de carregar esse fardo.”

OUT³ : O que foi a saliência de Suzette falando na frente dos patrões para Murtagh: “Então, deixe-me te despir agora mesmo.”

OUT4 : Claire despedindo-se de Jamie e Fergus foi um momento fofura e tão família.

Compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Email this to someone

Comentários

Educadora, apaixonada por livros, séries e filmes. Gostaria muito de encontrar um portal e assim poder viajar no tempo por diversos lugares e épocas. Como ainda não achei viajo através das histórias dos vários personagens que encontro nesse universo maravilhoso e mágico de versos, rimas e letras.

Você também pode gostar