[Review] Blindspot – 1×21/22 – Of Whose Uneasy Route/ If Love a Rebel, Death will Render

Compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Email this to someone
Imagem: Banco de Séries
Imagem: Banco de Séries

Blindspot está chegando em seus momentos finais e parece que uma das últimas cartadas é derrubar a rainha do xadrez, a chefe da equipe Mayfair. Em Of Whose Uneasy Route, Kurt vivencia um dos piores momentos de sua vida, seu pai está cada vez mais perto da morte e ele não se pode fazer nada para mudar isso.

Durante um teste do sistema de emergência, nossos agentes ficam presos separadamente dentro do prédio do FBI, obrigando-os a enfrentarem seus dramas e assuntos inacabados. Mas parece que as coisas estão além de um simples treinamento, o sistema está sendo hackeado e o objetivo principal é derrubar o FBI, revelando informações e identidades secretas. Para não perder o costume, Kurt e Jane juntamente com a equipe, correm contra o tempo para salvar a agência, mas esse ataque está além da compreensão de todos. Há segundas intenções escondidas, parece que a nova estrategia é dividir e conquistar.

If Love a Rebel, Death will Render, foi o que reanimou os episódios finais, as coisas estão totalmente fora do controle no FBI, com a prisão de Mayfair, medidas drásticas foram tomadas e a nova liderança está disposta a colocar um ponto final no caso das tatuagens. Em meio a confusão que se instalou na equipe, os agentes precisam lidar com um bebê abandonado que não apresenta registro de desaparecimento. Durante a investigação, Jane Doe é desligada do caso, mas isso não a impede de trabalhar sozinha e solucionar esse mistério.

Com descobertas cada vez mais estranhas, Weller e Doe acabam cruzando caminho com uma organização que clona DNA, esclarecendo o motivo dos bebês não estarem no sistema. Enquanto isso, Bethany também decidiu fazer suas próprias investigações para provar sua inocência, revelando que ela foi traída pela pessoa que mais confiava. Jane foi expulsa da equipe e proibida de voltar ao prédio do FBI, essa demissão proporcionou uma abertura para Kurt, que decidiu assumir seus sentimentos pela parceira. Mas parece que a sorte não está ao lado desses dois, Mayfair conseguiu o que queria, respostas, mas o preço pago por elas foi muito caro. E o que foi aquela cena “Você mentiu para todos nós. O que fez conosco? Eu só queria estar lá para para ver a cara dele quando descobrir o que você realmente é“.

Pensamos que as emoções tinham acabado por aí, mas ainda tivemos a cena final para chocar totalmente os fãs “Eu matei Taylor Shaw“. Se Taylor morreu, quem é Jane Doe? Como o teste de DNA deu positivo? O que Kurt vai fazer com essa informação? Estamos prestes a descobrir na season sinale.

Compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Email this to someone
, ,

Comentários

Estudante de Pedagogia, apaixonada por livros, filmes e séries que envolvam muito mistério, romance e ficção. Na sua lista de favoritos estão: Supernatural, Criminal Minds, Once Upon a Time, Bones e Scream.
Sempre em busca de novas aventuras e emoções, o que significa que essa lista ainda vai crescer, e muito!

Você Também Pode Curtir