Crítica | Jason Statham está de volta em ‘Assassino a Preço Fixo 2 – A Ressurreição’

Compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Email this to someone

assassino-a-preco-fixo-2

A sequência de Assassino a Preço Fixo (2011) traz Jason Statham, Jessica Alba e Tommy Lee Jones em uma ação fanfarrona com a cara de anos 90. Com efeitos ruins, roteiro furado e cenas de ação mal feitas Assassino a Preço Fixo 2 – A Ressurreição deixa muito a desejar e não entrega nada de novo.

Com uma trama completamente batida e comum, o novo longa de Jason Statham mostra a volta de Bishop a ação. O assassino de aluguel estava morando no Brasil, mas foi descoberto por alguns agentes do seu novo empregador. A sequência inicial de ação é feita para mostrar o nível do protagonista, mas o cenário é muito mal feito. O fundo da cena é claramente uma tela com imagem embaçada.

Ao fugir para uma ilha e conhecer Gina (Jessica Alba) a história começa a ganhar forma. Bishop (Statham) descobre totalmente o plano de seu empregador e antagonista, sendo assim já sabíamos toda a trama do longa. O problema é que mesmo sabendo tudo que iria acontecer o personagem se rendeu a isso, e fez tudo de acordo com o que foi planejado pelo inimigo, o que é um grande erro – tendo um protagonista querendo ser uma mistura de James Bond (007) e Ethan Hunt (Missão Impossível), acaba sendo ridículo ele cair na armação.

Algumas das cenas de ação tiveram uma boa coreografia, o problema é na hora em que os tiros começam. Os caras maus não acertam um tiro, já Bishop acerta todos, não importando a distância. A missão do assassino era de eliminar três concorrentes do seu empregador. Tudo foi feito de forma rápida e dinâmica, com mortes fanfarronas e engraçadas, ainda mais pelo efeito medonho da segunda morte, sendo uma cena quase que inesquecível. Tudo isso para salvar a mocinha, Gina (Alba).

A virada da história foi bem previsível, veio carregada de ações inexplicáveis. Muitos acontecimentos não se importavam com a coerência do roteiro, deixando vários buracos no desenvolvimento da história. Jessica Alba, uma atriz a cima da média do elenco do filme, estava bem no seu papel, mas ficou restrita em ser a donzela em perigo que sabia dar alguns chutes e socos. Tommy Lee Jones já está um pouco cansado, mas teve participação interessante. E o resto, é apenas o resto. Jason Statham entrega o mesmo personagem em filmes diferentes.

Avaliação
Compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Email this to someone
, , , , , , , ,

Comentários

Editor-chefe e criador da Matinê Cine&TV. Fã de Harry Potter, O Senhor dos Anéis, Planeta dos Macacos, Star Trek, Star Wars, Marvel, DC Comics. Na TV The Walking Dead, Shameless, Jessica Jones, The Handmaid’s Tale, entre outras, são algumas das suas favoritas.

Você Também Pode Curtir