Crítica l Agents of S.H.I.E.L.D. – 4×03 – Uprising

Compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Email this to someone
Imagem: Arquivo Pessoal/ Rubens Oliveira
Imagem: Arquivo Pessoal/ Rubens Oliveira

O terceiro episódio de Agents of S.H.I.E.L.D. foi ao ar nesta terça (11) e a série finalmente resolveu apertar play e mandar ver na trama dessa nova temporada. Confira a baixo a crítica completa do episódio “Uprising”

A situação pesou para o novo diretor da agencia. Enquanto May estava morrendo e diversos ataques pelo mundo estavam acontecendo, cabia a Coulson e a equipe da S.H.I.E.L.D. resolver tudo e tentar parar os rebeldes Inumanos.

A trama finalmente começou a se desenvolver de forma mais rápida e isso ficou evidente neste episódio. Até então não sabíamos ao certo quem era o vilão da nova temporada. Seria o Motorista FantasmaDaisy ou o novo Diretor? A personagem da Parminder Nagra (The Blacklist, ER), a Senadora Nadeer, finalmente foi apresentada e no maior estilo “Já odeio” ou “Morra Ward, morra!”. A senadora é a vilã desta primeira parte da temporada. Era difícil imaginar que era ela estava por trás de todos os ataques que estavam ocorrendo. O pior é que ela está usando um bando de rebeldes para sujar o nome dos Inumanos e sua integridade.

Foi bom já terem resolvido o problema da May com a ajuda do doutor Radcliffe. A dinâmica entre o Radcliffe e a Simmons nesse episódio foi bem legal, pois de um lado tínhamos uma mente brilhante com sentimentos a flor da pele e por outro tínhamos um doutor inconveniente e sem medo de ousar. Já estava mais do que na hora de voltar a usar a Simmons como uma médica/cientista. Creio que o Dr. Radcliffe e a AIDA só terão maior foco na segunda parte da temporada, já que a série está rumando ao encontro da gangue anti-Inumanos.

Imagem: Arquivo Pessoal/ Rubens Oliveira
Imagem: Arquivo Pessoal/ Rubens Oliveira

A Daisy e o Motorista Fantasma perderam espaço neste episódio, sendo um ponto positivo para Uprising. Acho que não estão sabendo aproveitar o Motoqueiro Fantasma e a Daisy juntos. Creio que Daisy voltando para S.H.I.E.L.D. e levando o Robbie com ela seria o ideal para termos os personagens explorados por completo. Porém, isso parece meio distante de se concretizar, pelo menos por enquanto, já que o Robbie e a Daisy estão atrás da gangue anti-Inumanos e a S.H.I.E.L.D. também. Por falar em S.H.I.E.L.D., finalmente ela voltou a ser reconhecida pelos governos e saiu das sombras!

Esse episódio conseguiu desenvolver muito bem as consequências do Tratado de Sokovia. Pelo visto o Capitão América estava certo ao não apoiar o acordo. Alguém, de alguma maneira, está roubando as informações sobre os Inumanos e començando à matá-los. Claro que esse “de alguma maneira” não é bem um super ponto de interrogação, pois a Senadora deve estar envolvida nesses vazamentos. Estou ansioso para saber o porquê de tanto ódio contra os Inumanos e também quem é aquele ser que está petrificado na sala de estar dela.

No geral o episódio foi ótimo, com uma trama boa e bem desenvolvida, sem exageros, com cenas de ação ótimas, bom entrosamento entre os personagens e com bons ganchos para os próximos episódios.

Agents¹: O Gabe já era um saco em Fear The Walking Dead e agora veio ser um saco em Agents of S.H.I.E.L.D..

Avaliação
Compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Email this to someone

Comentários

Sou com certeza um viciado em séries. Gosto de todos os tipos. Minhas preferidas são Sense8, Séries da Marvel,Game of Thrones, Westworld e Outlander. Se tiver super-herói pode ter certeza que vou assistir.

Você também pode gostar