Crítica l This Is Us – 1×04 – The Pool

Compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Email this to someone
Imagem: Arquivo Pessoal/ Rubens Oliveira
Imagem: Arquivo Pessoal/ Rubens Oliveira

Todo mundo já sabe, mas vale lembrar: que série maravilhosa meus amigos! “The Pool” trouxe questões raciais à tona e focou no passado dos personagens, nos proporcionando um episódio espetacular.

No episódio desta semana: Rebecca e Jack levam as crianças à piscina. Kevin faz teste para uma peça na Broadway. Toby se depara com a ex-mulher durante um encontro com Kate. William é taxado como mendigo no bairro de Randall, expondo tensões raciais profundas.

O cuidado que os roteiristas tratam as histórias da série é fantástico. A forma como lidaram com as questões raciais mostradas aqui foi de uma genial e não tentou escancarar o preconceito enraizado na sociedade. Porém, nos fez questionar o verdadeiro significado de “preconceito”, “racismo”, “bullying”, “intolerância” e tantas outras palavras que só trazem dor para a vida das vítimas. Uma cena bem marcante deste episódio foi o momento da peça escolar onde uma das filhas do Randall faz a Branca de Neve e toda vez que ela afirma ser a princesa, as pessoas dão risada. Seria o motivo desta rizada porque a cena é engraçada ou porque é uma menina negra interpretando uma princesa cujo o próprio nome já afirma sua etnia?

Imagem: Arquivo Pessoal/ Rubens Oliveira
Imagem: Arquivo Pessoal/ Rubens Oliveira

A relação entre Randall e Willian não para de evoluir. Os dois estão desenvolvendo uma intimidade entre pai e filho e em nenhum momento Randall se esquece do que sofreu, quem o criou e muito menos suas origens. O acontecimento entre Willian e o policial do condomínio foi um bom gancho onde conseguiram, além de trazer questões sociais à tona, desenvolver a relação do Randall e Willian mostrando mais sobre quem  eles realmente são. O relacionamento entre Kate e Toby também não para de crescer. Dessa vez Kate representou 90% da população com a sua clássica “stalkeada” na ex-mulher do Toby e o melhor foi que diferente do que aconteceria em outras séries, ela não mentiu e simplesmente falou a verdade. Obviamente os dois discutiram o assunto como os adultos que são e concordaram em não mexer mais com isso – fica a dica de como manter uma relação saudável.

Se na crítica passada (leia aqui) falei que a Kate precisava criar independência do Kevin, e desta vez quem precisa de independência é o Kevin. Os flashbacks só reforçaram o quanto o rapaz, desde criança, era desesperado por atenção e o quanto ele ainda é. Ir para Nova York foi um grande passo para o personagem, mas não entendi muito bem o final deste episódio. Kevin continua em Nova YorkRandall mora por lá ou ele voltou para Los Angeles? O bom disso é que ele está na casa do Randall e vamos poder ver um pouco mais da relação dos dois agora que são adultos, pois quando criança um odiava o outro por ciúmes.

A família Pearson nunca esteve tão feliz como neste episódio. A preocupação de Jack e Rebecca em não perder os filhos de vista, os dois tentando resolver os problemas da Kate por ser discriminada pelas outras meninas magras e do Randall em tentar se encaixar sem falar do Kevin quase morrendo afogado e em busca de atenção. Tudo isso em algumas horas numa piscina pública. Estou ansioso para descobrir o que fez Jack e Rebecca se separarem, pois episódios como este só nos fazem ficar incrédulos de saber que o casal não está junto no futuro.

E como de costume, tivemos mais um episódio ótimo de This Is Us.

Avaliação
Compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Email this to someone

Comentários

Sou com certeza um viciado em séries. Gosto de todos os tipos. Minhas preferidas são Sense8, Séries da Marvel,Game of Thrones, Westworld e Outlander. Se tiver super-herói pode ter certeza que vou assistir.

Você também pode gostar