Crítica | This Is Us – 1×12 – The Big Day

Compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Email this to someone
This Is Us mostra que a vida é feita de escolhas em um episódio emocionante
This Is Us
Imagem: Arquivo Pessoal/ Rubens Oliveira

This Is Us provou mais uma vez o quão criativa pode ser. Sua trama é mais do que um dramalhão familiar. Com The Big Day, a série reconta o dia do nascimento dos filhos de Jack e Rebecca focando no emocional dos personagens e como suas vidas estavam bagunçadas na época, retratando as escolhas feitas por cada personagem.

Rebecca (Mandy Moore), prestes a ter trigêmeos e estressada emocionalmente, esqueceu-se do aniversário de Jack (Milo Ventimiglia), que precisou lidar com uma esposa furiosa e enfrentar os desafios de ser um bom pai antes mesmo de seus filhos nascerem. Em meio a um ambiente conturbado, ambos tiveram que se mostrar firmes para a chegada dos bebês e também para resolver alguns problemas.

O episódio se passou inteiramente no passado, como dito acima, recontando o dia do nascimento de Kevin (Justin Hartley), Kate (Chrissy Metz) e Randall (Sterling K. Brown). Isso deixou a história explorar novos personagens -no caso o Dr. Nathan Katowski (Gerald McRaney) e o bombeiro Joe (Brian Oblak), que encontrou o bebê Randall abandonado e o levou para o hospital. O desenvolvimento desses dois personagens na trama trouxe novos pontos de vistas que possibilitaram The Big Day não se tornar um grande filler. Tanto o médico, quanto o bombeiro, fizeram a diferença na vida de Jack, sendo primordiais para a adoção do Randall.

O episódio retratou como as escolhas feitas por Jack, Rebecca, Dr. Nathan Katowski e Joe tiveram impacto no futuro de cada um. Ao encontrar Randall na porta do seu quartel de bombeiros, Joe pensou em adotar o garoto para tentar consertar os problemas de sua vida pessoal – envolvendo a esposa e a incapacidade de conceberem um filho biológico. O Dr. Nathan estava passando pela da esposa, e o fato do obstetra de Rebecca ter que passar por uma cirurgia, fez com que ele tomasse atitudes em relação a isso e superasse a perda da mulher. Esse episódio foi muito mais do que um novo ponto de vista do nascimento dos trigêmeos, foi uma demonstração de como cada escolha que você toma irá definir sua vida e a de outras pessoas ao seu redor.

The Big Day reascendeu a grande qualidade de This Is Us e apagou as memórias de decepção deixadas pelo episódio anterior, que prometeu demais e mostrou de menos. O episódio também apresentou que a série tem capacidade para ter uma temporada com 18 episódios e história para mais temporadas, já que foi renovada para mais duas.

Mesmo que já tenha demonstrado muita qualidade, This Is Us surpreendeu e deve continua fazendo isso ao longo desta e das próximas temporadas.

Avaliação
Compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Email this to someone

Comentários

Sou com certeza um viciado em séries. Gosto de todos os tipos. Minhas preferidas são Sense8, Séries da Marvel,Game of Thrones, Westworld e Outlander. Se tiver super-herói pode ter certeza que vou assistir.

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *