Crítica | This Is Us – 1×13 – Three Sentences

Compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Email this to someone
Com um episódio cheio de escolhas e mudanças, This Is Us continua acertando
Imagem: Arquivo Pessoal/ Rubens Oliveira

Focando no passado dos personagens, This Is Us tenta trazer novas caras para sua trama em um episodio de escolhas. A série percebeu que ao trabalhar mais com os flashbacks fica muito mais fácil trazer novos elementos para a história.

Explorando o passado dos irmãos Pearson e suas repentinas mudanças ao chegar à pré-adolescência, a série conseguiu amenizar um pouco o arco de Kevin (Justin Hartley), que, aparentemente, têm seus maiores problemas nos relacionamentos amorosos. Porém, com a ajuda de Toby (Chris Sullivan) os flashbacks retratando a festa de 10 anos dos irmãos Pearson fez a trama de Kevin ganhar mais relevância, ao descobrirmos que o rapaz já fora casado há 12 anos e com uma das melhores amigas de Kate, Sophie (Alexandra Breckenridge).

Não ficou claro aonde a série quer chegar trazendo essa nova personagem, mas de acordo com Kevin, ela é o seu amor verdadeiro – o que deixa a duvida: Sloane (Milana Vayntrub) e Olivia (Janet Montgomery) serão deixadas de lado por Kevin e pela série? Um grande desperdício de talento, caso isso venha a acontecer.

William (Ron Cephas Jones) já interrompeu seu tratamento contra o câncer e está decidido a aproveitar cada momento que lhe resta. Na companhia de Randall (Sterling K. Brown) os dois passaram a tarde juntos, conversando sobre a vida, suas escolhas e o passado -com William arrependido pelo que não foi e Randall feliz pelas escolhas que fez.

A decisão de Toby em fazer a cirurgia no coração alguns episódios atrás impactou Kate e sua confiança em relação à cirurgia de redução de estômago. Tentando fugir do procedimento, ela se internou em um acampamento para pessoas obesas e lá teve que encarar suas escolhas.

A introdução de Duke (Adam Bartley) na trama, revela que Kate passará mais alguns episódios no acampamento e terá que escolher muito bem o que vai fazer, pois como foi mostrado, Duke está totalmente interessado nela. Foi interessante ver a reação de Kate, que desde criança, está acostumada a ser deixada de lado. O fato de um cara que ela mal conheceu estar querendo algo com ela de repente foi um impacto muito forte para ser processado rapidamente.

Imagem: Banco de Séries

 

Os flashbacks que mostram a festa de 10 anos dos irmãos Pearson foi o que Three Sentences trouxe de melhor. A reação de Jack e Rebecca ao perceberem que seus filhos estão crescendo foi muito interessante. Jack (Milo Ventimiglia) surpreso com essa mudança repentina, sugeriu que o casal tivesse um novo filho – ideia que logo foi descartada por Rebecca (Mandy Moore).  O casal não precisa reviver novamente os 10 anos que passaram cuidando de Kevin, Kate e Randall, eles precisavam aceitar que tudo muda com o tempo e aproveitar o que ainda estava por vir, pois algum dia tudo isso vai acabar.

Os flashes que o episódio jogou no ar mostrando pequenas cenas rápidas do enterro de Jack, deixam claro que Jack morreu quando Kate, Kevin e Randall tinham por volta de 15 anos. Esses flashbacks inesperados podem revelar que, talvez, no último episódio da temporada ficaremos sabendo como Jack morreu.

Avaliação

(Muito Bom)

Compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Email this to someone

Comentários

Sou com certeza um viciado em séries. Gosto de todos os tipos. Minhas preferidas são Sense8, Séries da Marvel,Game of Thrones, Westworld e Outlander. Se tiver super-herói pode ter certeza que vou assistir.

Você também pode gostar