Crítica | Arrow – 5×12 – Bratva

Compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Email this to someone
Imagem: Banco de Séries

Arrow nos apresentou um episódio em que o passado de Oliver (Stephen Amell) retorna, e ele une forças com os Bratva para impedir a venda de uma ogiva nuclear, que é quase a mesma coisa que uma bomba, mas causa um estrago muito maior.

O episódio, que se passa na Rússia, poderia ter sido muito melhor se os roteiristas não insistissem naquilo que não dá mais certo. Mais uma vez vimos Diggle (David Ramsey) indo contra as ordens de Oliver, sendo que no passado isso gerou graves consequências para todos do time. Volto a repetir que o personagem é o mais difícil de engolir da série, é algo que já não funciona mais.

Mais uma vez tivemos Felicity (Emily Bett Rickards) saindo um pouco da frente do computador. Quando é que vimos em outras temporadas ela tomando suas próprias decisões e chantageando um homem sem temer? Felicity mudou, e acho que o contato que ela mantém com os hackers que foram citados no episódio anterior (leia aqui), pode vir a se tornar um plot mais complexo daqui para frente.

Rory (Joe Dinicol) acabou sendo uma grata surpresa, assim como o Ramirez (Rick Gonzalez). Nesse episódio, após salvar o time da explosão, sua roupa de retalhos parou de funcionar. Algumas notícias supunham que o ator vai deixar a série, mas os roteiristas não iriam repetir o erro e jogar fora um bom personagem tão fácil assim no lixo. Pelo é o esperamos que não aconteça.

Lance (Paul Blackthorne) voltou e o drama continua o mesmo, apesar de recuperado, nada do que foi mostrado teve importância para a história, a não ser o fato de Ramirez ter revelado que conheceu com Lance quando ainda era criança, e o mesmo ao ver o garoto pichando um muro lhe deu um conselho que o salvou do mundo do crime. Seria isso o começo de uma relação paternal? Já que Lance perdeu uma filha, e o Ramirez nunca teve uma família, de fato? Se essa relação for trabalhada de forma correta, pode ser muito bom para os personagens.

Agora vamos falar de Susan (Carly Pope), a repórter que apareceu para prejudicar o Oliver no início da temporada, e logo depois virou seu interesse amoroso. Após várias especulações, nesse episódio vimos que ela continua investigando-o, e que após sua viagem para a Rússia ela conseguiu informações que ligam o prefeito com o vigilante, ou seja, seu segredo foi descoberto, e convenhamos, Oliver parece que ficou muito burro com o passar do tempo. Agora é esperar e ver como Susan vai usar essa informação.

Avaliação

 (Bom)

Compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Email this to someone

Comentários

Futuro pedagogo e jornalista. Apaixonado desde sempre por televisão, música e cinema. Criador do blog 'Jurandir Dalcin Comenta' que completa cinco anos neste ano.

Você também pode gostar