Ghost in the Shell | Executivo da Paramount culpa polêmica com “whitewashing” pela baixa bilheteria do filme

Compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Email this to someone

 

No último dia 31 de março, aconteceu a estreia mundial de A Vigilante do Amanhã: Ghost in the Shell, mas ao contrário do que poderia-se esperar, a arredação doméstica (ou seja, nos EUA) foi extremamente baixa. Em seu primeiro final de semana em cartaz, o filme arrecadou pouco menos de US$ 19 milhões – ficando atrás de O Poderoso Chefinho (The Boss Baby) e A Bela e a Fera, ambos com mais do que o dobro do filme.

Em entrevista ao CBC News, o chefe de distribuição da Paramount Pictures (estúdio responsável pela produção, que custou certa de US$ 110 milhões), Kyle Davies, falou sobre a arrecadação do longa, e culpou as polêmicas sobre o “whitewashing“, envolvendo o elenco do filme.

“Nós tínhamos esperanças de melhores resultados no mercado interno (EUA). Mas acho que a conversa com relação ao elenco teve impactou nos comentários. Você tem um filme que é muito importante para os fãs, uma vez que é baseado em um filme de anime japonês. Então você está sempre tentando honrar o material de origem e fazer um filme para uma audiência em massa. Isso é um desafio, mas claramente os comentários não estão ajudando.” – disse Kyle Davies.

O Matinê Cine&TV já conferiu o filme e a crítica você pode ler clicando aqui. Veja, também, as nossas primeiras impressões da adaptação logo abaixo.

“Baseada na internacionalmente aclamada ficção científica “Ghost In The Shell” é a história de Major, uma máquina de combate, ciborgue-humana-híbrido, única de sua espécie, que líder a unidade de inteligência de elite: Sessão 9. Dedicados a capturar os criminosos mais perigosos e extremistas, a Sessão 9 é confrontada com um inimigo que tem como único objetivo acabar com os avanços tecnológicos da Hanka Robotic.“

Com Scarlett Johansson como a protagonista Major/ Mokoto Kusanagi, o longa ainda têm Michael Pitt (Os Sonhadores), Michael Wincott (O Corvo), Juliette Binoche (Godzilla) e Pilou Asbæk (Lucy) no elenco. A direção é de Rupert Sanders (Branca de Neve e o Caçador), com roteiro de Jamie Moss (Os Reis da Rua) baseado no mangá criado por Masamune Shirow em 1989.

A Vigilante do Amanhã: Ghost in the Shell já está em cartaz nos cinemas brasileiros.

 

Compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Email this to someone

Comentários

Editor-chefe e criador da Matinê Cine&TV, estudante de Jornalismo, leitor, cinéfilo e seriador. Fã de Harry Potter, O Senhor dos Anéis, Planeta dos Macacos, Star Trek e Star Wars. Na TV The Walking Dead, Game of Thrones, Shameless, Jessica Jones são alguns dos seus favoritos.

Você também pode gostar