Tom Holland diz que Thanos não é o maior vilão da Marvel, durante coletiva em São Paulo

Compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Email this to someone
Imagem: Twitter/ Sony Pictures

Na última semana (especificamente na terça-feira 02 de maio), aconteceu em São Paulo a coletiva de imprensa de Homem-Aranha: De Volta ao Lar, com a presença de Tom Holland (Peter Parker/ Homem-Aranha) e Laura Harrier (Liz Allen). E o Matinê Cine&TV, à convite da Sony Pictures, compareceu na coletiva.

Homem-Aranha: De Volta ao Lar é o mais novo filme do Marvel Studios em parceria com a Sony Pictures, que cedeu os direitos do personagem, Homem-Aranha, momentaneamente à Marvel. O filme promete focar na vida escolar do jovem Peter Parker e sua dinâmica do dia-a-dia estudantil com o fato de ser um super-herói.

Assim que a coletiva teve seu início, já era possível perceber o carisma de Holland e Laura Harrier, que conseguiram transmitir o sentimento de estar ali, naquele momento. A primeira pergunta, feita pelo próprio mediador da coletiva de imprensa, o jornalista Roberto Sadovski, questionando como Tom e Laura passaram seu primeiro dia em São Paulo, citando a visita de ambos ao Beco do Batman – famoso ponto turístico da capital paulista – e o que estavam achando da cidade. Laura disse:

Foi maravilhoso. Plantamos algumas árvores para um projeto social, no Beco do Batman, podendo ter contato com o povo local e eu amei isso.

Por outro lado, Holland comentou um pouco sobre os “heróis de todos os dias”, se referindo as pessoas que todos os dias fazem uma ação de bem em prol da sociedade, como é o caso do projeto social realizado no Beco do Batman.

Foi um dia maravilhoso. Fiquei simplesmente maravilhado com o projeto social, onde plantamos algumas mudas de árvores, e é ótimo saber desses heróis de todos os dias, que fazem ações a favor da cidade.” – disse o ator.

Focando em Homem-Aranha: De Volta ao Lar, o ator, que vive o protagonista, foi questionado sobre o quanto ele poderia falar sobre o filme até o momento, abordando a evolução que Peter sofrerá durante o longa:

O Filme é essencial para mostrar a evolução de Peter como um herói, todo o seu processo de aprendizagem. E no final podemos perceber que após tudo, o Homem-Aranha ainda tem muito a aprender.

A primeira pergunta dos jornalistas presentes na coletiva foi direcionada a Tom Holland, questionando-o sobre quais inspirações ele tirou dos filmes anteriores do Homem-Aranha, com Andrew Garfield e Tobey Maguire no papel.

Bom, eu meio que tive sorte. Eu consegui absorver o que gostei dos filmes e tirar o que não gostei, sabe? Minha versão do Homem-Aranha é diferente, pois sempre vimos o Homem-Aranha que sempre está resolvendo algum problema, cheio de responsabilidades e na minha versão nós quisemos mostrar um Homem-Aranha que, de fato, gosta de ser o Homem-Aranha. Sou muito mais jovem que os anteriores, uma versão adolescente que ama ser um herói. Pelo menos até as coisas começarem a ficar sérias (risos).” – disse o jovem ator.

Imagem: Twitter/ Sony Pictures

Laura e Tom, então, foram questionados sobre o relacionamento amoroso entre seus personagens e como eles eram diferentes dos tantos outros casais adolescentes vistos no cinema.

O que torna o relacionamento deles diferente é que nada se desenvolve nas pressas, igual outros filmes. Eles não se amam de imediato, é uma evolução constante.” – revela Laura.

Depois, um dos jornalistas convidados perguntou para Laura se ela gostaria de ter superpoderes e a importância disso no empoderamento feminino.

Eu amaria ter superpoderes, fiquei com tanta inveja do Tom no set. E seria muito interessante ver mais mulheres com superpoderes e com um papel de destaque nos filmes para o empoderamento feminino.” – respondeu a atriz.

Na sequência, a próxima pergunta direcionada a Tom Holland foi no mínimo interessante, questionando o jovem ator ter medo de ficar preso ao personagem. E Tom foi direto em sua resposta.

Quero ampliar meus horizontes e definitivamente não ficar preso à um personagem.

Logo em seguida, em um momento de descontração, Laura falou sobre as cenas de ação em que sua personagem, Liz Allen, participou:

Eu tive somente uma cena de ação, bem importante. Eu adorei fazê-la, sempre amei filmes de heróis e toda a ação neles. Minha mãe estava no set de filmagens justo no dia da cena de ação e ela estava tipo, tendo um ataque cardíaco, pensando que eu realmente ia cair e me machucar, já que eu estava pendurada bem alta, sendo segurada pelo braço por Tom.

Depois, outro jornalista perguntou para Tom qual era a responsabilidade de levar um novo Homem-Aranha para os fãs de quadrinhos, focando no fato de que ele seria o primeiro Homem-Aranha a chegar tão longe nas telonas, já que ele irá ficar cara-a-cara com Thanos, o maior vilão do universo Marvel.

Eu acho que a maior responsabilidade está no fato do personagem ser muito amado e querido pelo público. Ele consegue se relacionar com várias pessoas, já que ele também é um adolescente que faz coisas normais, como sua lição de casa, passear com o cachorro. E sobre Thanos, eu não diria que ele é o maior vilão de todos, pois, sabe, nós temos o Michael Keaton (risos), mas com certeza ele (Thanos) é bem assustador.

Imagem: AdoroCinema

Se encaminhando para o final da coletiva, o mediador perguntou para Tom e Laura como foi trabalhar com Robert Downey Jr. e Michael Keaton. Como era entrar no set e ver essas duas personalidades.

Bom, não posso falar sobre algumas cenas né, mas foi uma experiência incrível e intensa, sabe? Entrar no set e estar cercado por esses caras incríveis, recebendo conselhos.”, disse Holland. E Laura Harrier complementou: “Era um aprendizado diário”.

A próxima pergunta foi de um jornalista, que abalou as estruturas do evento ao questionar se Tom achava que Deadpool e Homem-Aranha formariam um belo casal nas telas. Tom, todo sorridente e vermelho, respondeu:

Eu amaria isso. Seria tão engraçado e divertido fazer um filme com os dois personagens. Não sei se seríamos um casal, mas amaria uma parceria entre Deadpool e Homem-Aranha.”

Para finalizar, de fato, a coletiva de imprensa, Tom foi questionado sobre os desafios que passou durante as filmagens do filme. Desde o sotaque nova-iorquino (já que o ator é natural do Reino Unido) até limitações físicas.

Para mim, os desafios ao entrar no set de filmagens foram bem-vindos. Eu fiz justiça ao personagem. Teve um dia que não fui ao banheiro por 11 horas, sabe? Pois como vocês devem ter percebido, o traje do Homem-Aranha não possui um zíper (risos). Sobre o sotaque, vou lhe responder sem sotaque britânico então. Eu fui à uma escola no Bronx (Nova York), disfarçado, para aprender o sotaque nova-iorquino e como ser um estudante local, pois os sistemas de ensino dos Estados Unidos e Inglaterra são bastantes diferentes.” revelou o ator.

No fim da coletiva, Tom Holland e Laura Harrier posaram para algumas fotos, com a camiseta da seleção brasileira que ganharam de presente, agradeceram o carinho dos convidados e ressaltaram como estão amando a estadia no Brasil.

Homem-Aranha: De volta ao Lar estreia no dia 06 de junho no Brasil.

Compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Email this to someone

Comentários

Sou com certeza um viciado em séries. Gosto de todos os tipos. Minhas preferidas são Sense8, Séries da Marvel,Game of Thrones, Westworld e Outlander. Se tiver super-herói pode ter certeza que vou assistir.

Você também pode gostar