SDCC 2017 | Confira a descrição de 2 cenas e do novo trailer de It – A Coisa

Compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Email this to someone

Durante a Preview Night da San Diego Comic-Con foram exibidas duas cenas inéditas de It – A Coisa, adaptação do livro de Stephen King e do clássico da década de 90. Além das cenas, um novo trailer descrito como perturbador. Infelizmente só o público presente teve acesso a estas mídias, mas a EW  descreveu tanto as cenas como o trailer. Confira a baixo:

CENA 1: A cena se inicia em uma tarde ensolarada de verão. Um céu perfeito. Uma floresta de folhas de esmeralda. E cinco manchas brancas em um penhasco.

É somente uma parte do Clube dos Perdedores – Bill Denbrough (Jaeden Lieberher), cujo irmão Georgie foi desapareceu no outono anterior; Richie “Trashmouth” Tozier (Finn Wolfhard); Eddie Kaspbrak (Jack Dylan Grazer); o escoteiro Stan Uris (Wyatt Oleff) e Ben Hanscom (Jeremy Ray Taylor).

A barriga de Ben tem um grande curativo sobre ela, cobrindo a cicatriz em forma de “H” deixada lá quando o bully local psicopata Henry Bowers (Nicholas Hamilton) tentou esculpir seu nome no estômago do garoto. Estes são tempos mais felizes, no entanto. Os cinco meninos estão apenas de cueca, e eles estão olhando pela borda do penhasco para a água verde de uma pedreira abaixo. Eles cospem, tentando ver quanto tempo leva para atingir a água. Logo mais, eles estão brigando sobre quem será o primeiro a pular.

“Eu vou”, diz uma voz por trás deles. É Bev Marsh (Sophia Lillis), uma garota com cabelo escarlate. Ela estaciona sua bicicleta e remove seus óculos de sol aparentemente com apenas um movimento.

Os garotos ficam assustados. Ela não está mostrando nada que um traje de banho não revelaria, mas ainda assim… Os meninos provavelmente teriam caído para trás desse penhasco se tivessem que olhar para ela mais um pouco. Mas eles não podem, porque ela está correndo por eles, sem hesitar. Então ela está no meio do ar, pedalando o nada enquanto despenca sem medo no fundo da pedreira.

“Caralho, acabamos de ser deixados para trás por uma menina”, diz um dos garotos.

Com isso, cada um deles se aproxima – e os seis filhos, atormentados na escola e cada um lidando com complicações e dores em casa, que os forçam a crescer antes de seu tempo, finalmente são apenas crianças de novo. Pulos na água. Natação. Olhares para a linda garota, Bev, que finge não notar.

O respeito pela amiga finalmente supera seus hormônios, e os meninos deixam a encarar maliciosamente. Então, eles estão se secando nas pedras, e Ben – o mais novo dos amigos – tira um pequeno projeto de história local em que está trabalhando. “Primeiro me mudei para cá, não tinha ninguém que conhecia. Então eu comecei a passar tempo na biblioteca”.

“Você foi à biblioteca … de propósito?” Richie zombou.

Há recortes de jornais sobre uma explosão em Iron Works que matou dezenas de pessoas. Outro sobre “The Black Spot”, um clube de dança afro-americano que foi incendiado em 1962 por um grupo de racistas – com muitas pessoas dentro.

“Por que todos os recortes falam sobre assassinato e desaparecimento de crianças”, pergunta um deles.

“Derry não é como qualquer cidade em que já estive antes”, Ben responde. “Eles fizeram um estudo uma vez, e acontece que as pessoas morrem ou desaparecem aqui seis vezes mais do que a média nacional”.

“Você leu isso?”, Pergunta Bev.

“Isso é apenas com os adultos. Com as crianças é pior. Muito pior”, diz Ben. “Eu tenho mais coisas se quiser ver…”

Stan balança a cabeça. Ele não quer.

 

CENA 2: Há um sétimo perdedor – Mike Hanlon, interpretado por Chosen Jacobs, que é um dos únicos negros da cidade de Derry, então ele lida com abuso e hostilidade constantemente. Ele é principalmente agredido pelo bully Henry Bowers, que aprendeu seu ódio contra Mike, de seu pai racista, que no livro passou anos atormentando a família Hanlon.

Henry e seus dois amigos, Belch Huggins (Jake Sim) e Victor Criss (Logan Thompson), perseguiram Mike até um riacho, onde eles colocaram seu rosto contra as pedras. Os olhos de Mike buscam ajuda desesperadamente. O que ele vê é um palhaço, observando-o das árvores.

O palhaço acena com uma mão… Mas não é uma de suas mãos. É uma mão de criança, arrancada na altura do cotovelo. Pennywise (interpretado por Bill Skarsgard) a estava mordiscando, com base no sangue manchado ao redor de seu sorriso.

Mike fecha os olhos rapidamente. Ele não pode acreditar no que está vendo. Ele ainda não sabe disso, mas a alegria que os valentões estão sentindo, batendo nele, é o que o atraiu (Pennywise) de seu covil. Ou ele está se alimentando disso, ou está se alimentando da violência maníaca dos valentões. Ou talvez, os dois!

Os meninos tornam-se ainda mais perturbados. Enquanto Mike luta, Henry levanta uma rocha do tamanho de uma bola de softball e ergue-a sobre a cabeça de Mike, preparando para bater na cabeça do menino negro. Mas antes que ele possa jogar a pedra, outra pedra assobia no ar e bate no lado da cabeça de Henry. Henry volta, atordoado. Os valentões olham e veem os seis perdedores.

Bev está mais perto, os ombros para trás, respirando com dificuldade. Preparada para lutar. “Bom lance”, Stan diz a ela. Ben, que provou a violência desses caras antes, não está prestes a deixá-los fazer o mesmo com outra criança. Ele pega outra rocha e atira na direção do riacho.

“GUERRA DE PEDRAS!!!” Richie grita quando os valentões retaliam tentando acertar uma pedra bem em sua testa, acertando-a em sua bunda. Depois de uma barragem de rochas entre os dois grupos, os valentões estão feridos e os dois amigos de Henry correm para a floresta em retirada. Richie, se recuperando, chama Bowers de “c*zão” enquanto o valentão reconhece sua derrota e corre para a floresta, atrás de seus amigos.

Então, o vídeo corta para uma linha de trem e Mike está andando do lado de seus novos amigos, enquanto eles cortam caminho por meio de um campo. “Obrigado, galera, mas você não deveriam ter feito isso. Ele também irá implicar com vocês”, diz ele.

“Eu acho que é uma coisa que to-to-to-to todos nós temos em comum”, diz Bill, gaguejando. “Bem-vindo ao Clube dos Perdedores”.

A cena termina com os sete unidos como um.

 

TRAILER: O trailer começa com uma visão aérea de Derry, minúscula e perfeita: belos edifícios antigos, uma rua principal, estradas arborizadas e casas agradáveis e silenciosas. A voz de um menino é ouvida. (É difícil dizer quem, mas acho que é Ben Hanscom.)

“Quando você é criança, você pensa que o universo gira em torno de você. Que você sempre será protegido e cuidado. Então, um dia, você percebe que isso não é verdade”, diz o menino.

Há filmagens de Ben sendo segurado pelos valentões perto de uma ponte. Eles levantaram a camisa do garoto e Henry Bowers esculpiu suas iniciais no estômago de Ben. Um carro passa e diminui. Dentro estão um casal mais velho, ambos olhando essa violência ultrajante. Então eles se afastam. À medida que o carro vai embora, Ben vê um balão vermelho no banco traseiro crescendo.

Então, vemos Georgie Denbrough, o irmãozinho de Bill, com sua capa de chuva amarela, navegando com seu barco de papel na chuva – cena já vista em outros trailers. O barquinho desaparece na boca de um bueiro.

“Porque quando você está sozinho como criança, os monstros vêem você mais fraco”, continua a narração do menino. “Você nem sabe que eles estão se aproximando. Até que seja tarde demais.”

Na escuridão do bueiro, dois olhos brilham. Então surge um rosto. Pennywise o palhaço dançante. Ele está segurando o barco.

“Aqui…” sussurra. “Pegue…”

Então vemos a rua novamente. O bueiro. Mas nenhum barco. Nenhum palhaço. E nenhum Georgie.

“Todas as coisas ruins que acontecem nesta cidade são por causa de uma coisa. Uma coisa má”, diz Mike Hanlon.

Os perdedores estão folheando uma história antiga, olhando desenhos de woodcut desde séculos passados, retratando confrontos e conflagrações da história de Derry. Ao longo deles, há um rosto familiar na multidão: o mesmo que acabamos de ver no bueiro.

Na luz fraca da casa de Bill Denbrough, ele segue um par de pequenas pegadas enlameadas através da cozinha, onde uma figura minúscula com uma capa de chuva amarela passa. Ele segue o espectro de seu irmão até o porão, onde Georgie – ou o que quer que esteja fingindo ser o Georgie – está escondido ao lado de uma prateleira. Há água da chuva cobrindo o chão. O porão está inundado. Um par de olhos amarelos surge da escuridão da água.

“Se você vier comigo, você também irá flutuar”, diz o fantasma de Georgie alegremente.

De alguma forma, Bill vive para contar aos amigos sobre o encontro: “Acabei de ver uma coisa…”.

“O Palhaço”, um de seus amigos pergunta.

“Eu também o vi”, diz Eddie, o mais fraco do grupo, o mais tímido.

Em seguida, vemos uma janela embaçada. Dois olhos brilhantes laranja olham fixamente. As luzes se apagam.

“O que acontece quando outra Georgie desaparecer?” Bill pergunta a seus amigos. “Nós apenas vamos fingir que não aconteceu, como todos os outros nesta cidade? Ou ficaremos juntos”.

Na trilha sonora, há o canto infernal e latejante de mil Georgies, gritando: “Você também irá flutuar… Você também irá flutuar… Você também irá flutuar…”.

Em seguida, silêncio. Richie Tozier entra em uma sala sombria. Está cheio de bonecos de palhaço. De todos os tipos. Grande e pequeno. Um deles gira o rosto para ele enquanto ele passa. Então outro. No centro da sala está um especialmente ameaçador. Pennywise levanta o rosto, revela os dentes afiados e afunda-se para trás, gritando de uma maneira que sugere raiva e alegria.

Com distribuição da Warner Bros.It – A Coisa estreia no dia 07 de setembro de 2017 nos cinemas brasileiros e você pode conferir o primeiro trailer do filme aqui.

Compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Email this to someone
, , , ,

Comentários

Sou com certeza um viciado em séries. Gosto de todos os tipos. Minhas preferidas são Sense8, Séries da Marvel,Game of Thrones, Westworld e Outlander. Se tiver super-herói pode ter certeza que vou assistir.

Você Também Pode Curtir