Resenha | Caixa de Pássaros

Compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Email this to someone

Título: Caixa de Pássaros
Autor(a): Josh Malerman
Páginas: 272
Editora: Intrínseca
Ano: 2015

Adquira na Amazon

“Quatro anos depois de tudo ter começado, restaram poucos sobreviventes, incluindo Malorie e seus dois filhos pequenos. Morando numa casa abandonada próxima ao rio. Ela sonha há tempos em fugir para um local seguro onde sua família possa ficar em segurança. Mas a jornada que têm pela frente será assustadora: 32 quilômetros rio abaixo em um barco a remo, vendados, contando apenas com a inteligência de Malorie e os ouvidos treinados das crianças. Uma decisão errada e eles morrem. E ainda há uma coisa os seguindo. Será que é um homem, um animal ou uma criatura desconhecida?”

O livro Caixa de Pássaros conta a história de Malorie, que tem uma grande mudança em sua vida após descobrir que está grávida. Esse acontecimento seria uma ótima notícia para ela se não fosse pelo fato de que o mundo está virado de cabeça para baixo. Pessoas surtam e ficam violentas do nada, e por fim tiram suas próprias vidas. Boatos começam a relacionar esses mesmos acontecimentos com o fato dessas pessoas terem visto alguma coisa de natureza desconhecida.

Na televisão, esses acontecimentos são retratados à primeira vista como “fatos desconhecidos” e “sem relação“. Malorie e sua irmã, Shannon, tentam acreditar que essa crise irá passar, mas com o decorrer dos dias os surtos se tornam frequentes. As duas então começam a tomar precauções para que possam ter mais segurança. Portas são trancadas, cobertores são colocados nas janelas assim como pessoas saindo para fora de casa com vendas nos olhos começam a parecer comum naquele novo mundo.

Após perder a irmã, vítima do surto misterioso, nossa protagonista é forçada a deixar o seu lar e ir atrás de um local mais seguro. Dias antes, ela viu um anúncio nos classificados de um jornal onde uma casa se diz um “local seguro” ou “santuário” que recebem pessoas que queiram ter mais segurança. Chegando lá, ela conhece Tom e as demais pessoas que moram no local ao qual eles consideram um refúgio.

A história é dividida em presente e passado, o que é bastante interessante, porque conta o começo dos surtos e a trajetória de Malorie até ela decidir sair do local em que está juntamente com os seus dois filhos. A estratégia do autor é fazer do livro um ciclo que vai se completando no decorrer da trama, assim como as respostas vão sendo reveladas. O romance já começa no ápice da história, mas o autor nos dá uma ótima introdução e desenvolvimento do enredo que completa a história como um todo.

Imagem: Ítalo Alves

A escrita do Josh Malerman é repleta de suspense e ela sempre instiga a curiosidade do leitor, sendo com a troca temporal da história ou a forma como ele termina um capítulo.

A narração é em terceira pessoa e acompanha todos os personagens e seus próprios dramas vividos por causa da nova situação apocalíptica. É bem legal a forma como o autor constrói o relacionamento interpessoal dos personagens e o próprio drama psicológico de cada um. Esse drama é sempre na medida certa e não interfere na história ou a deixa maçante.

Um ponto bastante interessante, agora falando da protagonista, é a novidade de uma personagem adulta e pragmática, pois mesmo sendo um livro de terror psicológico com elementos de suspense e ficção científica, Caixa de Pássaros continua sendo uma “young adult” (ficção juvenil). O que é mais comum nesse tipo de leitura são protagonistas jovens e imaturos que vão amadurecendo com o tempo, o que diferencia e muito do livro em que estamos falando. Em contrapartida, vemos também um grande amadurecimento da personagem como mãe, que faz tudo ao seu alcance para ver seus filhos em segurança.

Falando sobre uma personagem adulta como ponto positivo, Caixa de Pássaros tem tudo para ter uma boa continuação, pois embora muitas respostas tenham sido respondidas, outras ficaram em aberto. Se Malerman enveredar por esse caminho, ele já começou com o pé direito. Como dito anteriormente, o livro é um thriller psicológico com suspense, mas eleva a definição desses dois gêneros porque o autor constrói uma trama repleta de terror que mexe de forma sinistra tanto com a cabeça dos personagens como com a do leitor.

Recentemente, foi confirmado a adaptação cinematográfica do livro, que será estrelada pela atriz Sandra Bullock. Esse e o outros elementos já citados acima são uns dos motivos para dar uma chance para Caixa de Pássaros.

Avaliação

(Ótimo)

Compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Email this to someone
, , , , , , ,

Comentários

Estudante de jornalismo, viciado em séries e amante de bons livros, principalmente os romances policiais, espionagem e ficção científica.

Você Também Pode Curtir