Imagem: Reprodução/IMDb
Chris Hemsworth (Thor) e Mark Ruffalo (Hulk) em Thor: Ragnarok
Imagem: Reprodução/IMDb

Thor: Ragnarok segue bem nas bilheterias. O terceiro filme do Deus do Trovão no cinema parece, enfim, ter conquistado o grande público. Ragnarok estreou  no Brasil em 26 de outubro, e uma semana depois nos EUA, agora, de acordo com os números levantados pelo Box Office Mojo, Thor: Ragnerok acaba de bater US$ 650 milhões de bilheteria mundial.

Crítica | Thor: Ragnarok

Na sua segunda semana em cartaz, Thor: Ragnarok chegou a US$ 211,5 milhões de arrecadação doméstica neste final de semana (ou seja, só nos EUA), enquanto isso, no mercado internacional, o longa já têm US$ 438,5 milhões de bilheteria.

Com estes números, Thor: Ragnarok já tem a melhor arrecadação doméstica e total/mundial entre os três filmes solos do personagem. Além disso, o filme já é décima melhor bilheteria mundial dentro do Universo Cinematográfico da Marvel. Ragnarok, ainda, configura a nova melhor arredação doméstica de 2017 na bilheteria norte-americana – que é liderada por A Bela e a Fera (US$ 504 milhões) e Mulher-Maravilha (US$ 412,5 milhões).

Na última sexta-feira, estrearam nos cinemas norte-americanos, Assassinato no Expresso do Oriente e Pai em Dose Dupla 2, mas nenhum dos filmes representou grande ameaça para Ragnarok, que segue liderando a bilheteria americana – ambos arrecadaram, respectivamente, US$28 e US$ 30 milhões. Vale lembrar que Liga da Justiça terá a sua estreia mundial na próxima semana, fazendo com que Thor: Ragnarok perca força na bilheteria americana e internacional.

Thor: Ragnarok segue em cartaz nos cinemas brasileiros. Leia a crítica.

COMPARTILHAR
Criador da Matinê, está no 6º semestre do curso de jornalismo no Centro Universitário Ritter dos Reis - UniRitter. Aqui escrevo sobre filmes e séries a partir da minha perspectiva de mundo, sem medo de mostrar a todos o meu entendimento pessoal daquilo que assisto. O debate de pontos de vistas diferentes é livre, e sempre bem-vindo.