A Rainy Day in New York
A Rainy Day in New York (Via: IMDb)

Depois de passar por um quase cancelamento (o filme estava dentro de um acordo de produção e distribuição entre Amazon e Woody Allen), o novo longa do cineasta, A Rainy Day in New York, ganhou o seu primeiro trailer na tarde desta sexta-feira.

Confira:

A Rainy Day in New York acompanha um casal (Fanning e Chamalet) que faz uma viagem de um dia para Nova York, que promete ameaçar o seu relacionamento. O elenco ainda conta com Selena Gomez, Jude Law, Diego Luna e Liev Schreiber.

A Rainy Day in New York é distribuído pela Imagem Filmes no Brasil – a previsão de lançamento é para outubro deste ano em território nacional.

O acordo com a Amazon e as novas denúncias contra Woody Allen

O novo filme é o primeiro projeto do diretor depois de Roda Gigante (2017), e até o momento não possui distribuidora nos EUA. A Amazon Studios produziu o longa, mas arquivou o projeto depois das novas denúncias de abuso que surgiram contra Woody Allen – a filha adotiva do diretor, Dylan Farrow, acusa o cineasta de ter abusado dela quando criança há alguns anos (via IndieWire).

O caso não parou por aí, Allen moveu um processo de US$ 68 milhões contra a Amazon, pois ele e o estúdio haviam firmado um acordo de produção de quatro filmes – sendo Café Society (2016) e Roda Gigante lançados pela parceria. Na ação, o diretor afirma que na época em que o contrato foi assinado a Amazon já sabia das denúncias – que são falsas, segundo o cineasta.

Quando o caso veio a tona, alguns atores, que trabalharam com o diretor, se manisfestaram contra ele. Timothée Chamalet, protagonista do filme, foi um desses nomes.

O ator, inclusive, doou o salário que recebeu para fazer A Rainy Day in New York para instituições “anti-assédio”: “Não quero me beneficiar do meu trabalho no filme e, por, vou doar todo o meu salário para três instituições: Time’s Up, The LGBT Center e Rainn […] Eu quero ser digno de ficar ao lado de artistas corajosos que estão lutando por todas as pessoas para serem tratadas com o respeito e a dignidade que merecem.“, disse o jovem ator indicado ao Oscar na época.

COMPARTILHAR
Criador da Matinê, está no 4º semestre do curso de jornalismo no Centro Universitário Ritter dos Reis - UniRitter. Aqui escrevo sobre filmes e séries a partir da minha perspectiva de mundo, sem medo de mostrar a todos o meu entendimento pessoal daquilo que assisto. O debate de pontos de vistas diferentes é livre, e sempre bem-vindo.