Imagem de divulgação do filme Os Novos Mutantes
Imagem de divulgação do filme Os Novos Mutantes

Prestes a ser lançados nos cinemas norte-americanos, Os Novos Mutantes pode não ser avaliado por boa parte da crítica. Alguns veículos estadunidenses informaram que não terão textos publicados sobre o longa-metragem em suas plataformas, como mostra a matéria do jornalista Zack Sharf do IndieWire.

Com a pandemia da Covid-19 os jornalistas não se sentem seguros de irem aos cinemas para assistir o filme, principalmente porque a Disney não realizou uma exibição fechada para a imprensa com distanciamento social controlado. Outro problema é que nem todos os multiplex e exibidores estadunidenses exigem o uso de máscara dentro da sala de exibição, permitindo o consumo de alimentos e bebidas.

O crítico A. A. Dowd publicou um artigo no The AV Club explicando a posição do veículo em não escrever sobre o longa. O texto cita pesquisas científicas que afirmam que ir ao cinema é uma das atividades mais inseguras a no meio da pandemia. “(Cientistas) não mediram palavras: há uma chance grande de você ficar doente. E esse é um risco que o A.V. Club não correrá para analisar qualquer filme”, disse Dowd na publicação. O editorial ainda assume uma posição oficial do AV Club de publicar críticas de filmes que os jornalistas possam consumir “em uma exibição de imprensa socialmente distante ou com um screener digital”.

O IndieWire também está inclinado a não assistir o filme caso a condição de exibição pública continue sendo a única opção. Outros veículos tiveram a mesma manifestação. Editor do RogerEbert.com Brian Tallerico falou no Twitter praticamente o mesmo que Dowd em seu artigo. “Também não teremos crítica de Os Novos Mutantes porque não há uma maneira segura de fazê-la. Vamos assistir os lançamentos quando apresentados de uma maneira segura – screener ou sessão socialmente distante – mas isso não é uma opção neste caso”, disse Tallerico na rede social (veja os tweets abaixo).

O editor do RoberEbert.com ainda disse que o veículo pode publicar a crítica de Os Novos Mutantes quando o filme estiver disponível em VOD (Video OnDemand). Ty Burr, crítico de cinema do The Boston Globe (BG), também informou nas suas redes sociais que o BG não faria a análise do filme.

A ação da Disney em não realizar a cabine de imprensa é uma opção de todo e qualquer estúdio. Além disso, vez ou outra as empresas costumam lançar seus filmes sem a realização de uma exibição prévia para a imprensa. Isso acontece quando as produtoras sabem que terão uma recepção negativa da crítica especializada, o que o jornalista do IndieWire acredita que seja o caso – usando os adiamentos de Os Novos Mutantes como principal justificativa.

Apesar de afirmar que não irão escrever a crítica do filme, o IndieWire e o Los Angeles Times recomendam que os leitores que irão aos cinemas sigam todas as recomendações de proteção do CDC, e publicam notas de isenção de responsabilidade da ida do público ao cinema.

Reabertura dos cinemas no Brasil

No dia 18 de agosto, o empresário Érico Borgo anunciou o Festival De Volta Para o Cinema, descrito por ele como o “maior festival de cinema que o Brasil já viu” conforme relata a reportagem do HuffPost Brasil. O projeto planeja exibir 25 filmes em 1.200 salas de cinema de todo o Brasil. Segundo a matéria, Manaus é a única capital brasileiras que deu sinal verde para a reabertura dos locais exibidores – até o momento.

A iniciativa faz parte do movimento #JuntosPeloCinema que reúne empresas de exibição, distribuidoras, produtoras e empresários em prol da reabertura dos cinemas – e em apoio a recuperação econômica dos exibidores em relação aos prejuízos causados pela pandemia. Depois do anúncio, o projeto foi alvo de críticas por conta da situação atual do Brasil em diante ao novo coronavírus – semanalmente o país segue registrando milhares de mortes causadas pela Covid-19.

A discussão sobre a volta dos cinemas é grande, apresentar inúmeros lados, motivos ou razões. A pandemia da Covid-19 continua no Brasil, por isso, se puder, fique em casa e não deixe de usar máscara ao sair de casa. Higienize as mãos com água e sabão ou álcool em gel 70%.

COMPARTILHAR
Criador da Matinê, está no 4º semestre do curso de jornalismo no Centro Universitário Ritter dos Reis - UniRitter. Aqui escrevo sobre filmes e séries a partir da minha perspectiva de mundo, sem medo de mostrar a todos o meu entendimento pessoal daquilo que assisto. O debate de pontos de vistas diferentes é livre, e sempre bem-vindo.