Olivia Colman como Rainha Elizabeth na 4ª temporada de The Crown | Liam Daniel / Foto de Produção (Netflix)

No último domingo, 28 de fevereiro, foram revelados os vencedores do Globo de Ouro 2021. A festa que contempla os melhores filmes e séries do último ano registrou a sua pior audiência na história. Segundo a Vulture, cerca de 6,9 milhões de pessoas assistiram a transmissão. No prêmio anterior, mais de 18 milhões de espectadores acompanharam o Golden Globes.

A Vulture, inclusive, diz que essa audiência foi “desastrosa”. Muito disso se deve a Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood, que escolhe os vencedores da premiação, não possuir nenhum membro negro. A revelação partiu de nomes importantes da indústria hollywoodiana e do movimento Time’s Up. Ava DuVernay, Kerry Washington, J.J. Abrams, Shonda Rhimes, Damon Lindelof, entre outros, falaram sobre o fato nas suas redes sociais.

O Globo de Ouro também foi criticado pela ausência de histórias negras na categoria de Melhor Filme. Alguns dos principais filmes de 2020, que são cotados nas principais premiações, ficaram de fora da lista final de indicados do prêmio principal. Longas-metragens como Destacamento Blood, Uma Noite em Miami, A Voz Suprema do Blues e Judas e o Messias Negro não estavam entre os nomeados em Melhor Filme.

Outra ausência importante, mas desta vez na categoria de Melhor Minissérie ou Telefilme, foi a de I May Destroy You, um dos principais e mais elogiados programas de 2020. A série é um retrato autobiográfico de Michaela Coel, que escreveu e protagonizou a história.

Viola Davis em cena de A Voz Suprema do Blues | Crédito: Netflix

A falta dessas obras foi sentida principalmente porque boa parte das categorias de atuação premiaram atores negros. Andra Day (Melhor Atriz), Chadwick Boseman (A Voz Suprema do Blues) e Daniel Kaluuya (Melhor Ator Coadjuvante), estão entre os principais premiados da noite do último domingo.

O assunto pautou a fala de Tina Fey e Amy Phoeler, apresentadoras do Globo de Ouro 2021. “[…] muitos atores negros e projetos centrados em histórias negras foram ignorados”, afirmou Poehler. Tina Fey, alinhada com a parceira, completou dizendo que as premiações são estúpidas e “mesmo com coisas estúpidas, inclusão importa, e não há membros negros na Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood”. (Via Omelete)

Com as críticas, que começaram dias antes de acontecer a premiação, fica o aprendizado e a importância pela busca de maior diversidade não apenas no protagonismo da indústria, mas principalmente dentro das premiações.

A seguir, veja os vencedores do Globo de Ouro 2021

Filmes

Normadland - imagem ilustrativa
Frances Mcdormand como Fern em cena de Nomadland | Crédito: Searchlight Pictures
Melhor Filme de Drama
  • The Father
  • Mank
  • Nomadland
  • Promising Young Woman
  • Os 7 de Chicago
Melhor Filme de Musical ou Comédia
  • Borat: Fita de Cinema Seguinte
  • Hamilton
  • Music
  • Palm Springs
  • A Festa de Formatura
Melhor Direção
  • Emerald Fennell (Promising Young Woman)
  • David Fincher (Mank)
  • Regina King (One Night in Miami)
  • Aaron Sorkin (Os 7 de Chicago)
  • Chloé Zhao (Nomadland)
Melhor Roteiro
  • Emerald Fennell (Promising Young Woman)
  • Jack Fincher (Mank)
  • Aaron Sorkin (Os 7 de Chicago)
  • Florian Zeller e Christopher Hampton (The Father)
  • Chloé Zhao (Nomadland)
Melhor Atriz em Filme de Drama
  • Viola Davis (A Voz Suprema do Blues)
  • Andra Day (The United States vs. Billie Holiday)
  • Vanessa Kirby (Pieces of a Woman)
  • Frances McDormand (Nomadland)
  • Carey Mulligan (Promising Young Woman)
Melhor Ator em Filme de Drama
  • Riz Ahmed (Sound of Metal)
  • Chadwick Boseman (A Voz Suprema do Blues)
  • Anthony Hopkins (The Father)
  • Gary Oldman (Mank)
  • Tahar Rahim (The Mauritanian)
Melhor Atriz em Filme de Musical ou Comédia
  • Maria Bakalova (Borat: Fita de Cinema Seguinte)
  • Kate Hudson (Music)
  • Michelle Pfeiffer (French Exit)
  • Rosamund Pike (Eu Me Importo)
  • Anya Taylor-Joy (Emma)
Melhor Ator em Filme de Musical ou Comédia
  • Sacha Baron Cohen (Borat: Fita de Cinema Seguinte)
  • James Corden (A Festa de Formatura)
  • Lin-Manuel Miranda (Hamilton)
  • Dev Patel (A Vida Extraordinária de David Copperfield)
  • Andy Samberg (Palm Springs)
Melhor Atriz Coadjuvante em Filme
  • Glenn Close (Era Uma Vez Um Sonho)
  • Olivia Colman (The Father)
  • Jodie Foster (The Mauritanian)
  • Amanda Seyfried (Mank)
  • Helena Zegel (Relatos do Mundo)
Melhor Ator Coadjuvante em Filme
  • Sacha Baron Cohen (Os 7 de Chicago)
  • Daniel Kaluuya (Judas and the Black Messiah)
  • Jared Leto (Os Pequenos Vestígios)
  • Bill Murray (On the Rocks)
  • Leslie Odom Jr. (One Night in Miami)
Melhor Animação
  • Os Croods 2: Uma Nova Era
  • Dois Irmãos: Uma Jornada Fantástica
  • A Caminho da Lua
  • Soul
  • Wolfwalkers
Melhor Filme em Língua Estrangeira
  • Another Round (Dinamarca)
  • La Llorona (Guatemala / França)
  • The Life Ahead (Itália)
  • Minari (Estados Unidos)
  • Two of Us (França / Estados Unidos)
Melhor Trilha Sonora
  • Alexandre Desplat (O Céu de Meia-Noite)
  • Ludwig Göransson (Tenet)
  • James Newton Howard (Relatos do Mundo)
  • Trent Reznor e Atticus Ross (Mank)
  • Trent Reznor, Atticus Ross e Jon Batiste (Soul)
Melhor Canção Original
  • “Fight for You” (Judas and the Black Messiah)
  • “Hear My Voice” (Os 7 de Chicago)
  • “Io Sì (Seen)” (The Life Ahead)
  • “Speak Now” (One Night In Miami)
  • “Tigress & Tweed” (The United States vs Billie Holiday)

Séries

The Crown - Imagem ilustrativa
Olivia Colman como rainha Elizabeth na 4ª temporada de The Crown | Crédito: Ollie Upton / Netflix
Melhor Série de Drama
  • The Crown
  • Lovecraft Country
  • The Mandalorian
  • Ozark
  • Ratched
Melhor Atriz em Série Dramática
  • Olivia Colman (The Crown)
  • Jodie Comer (Killing Eve)
  • Emma Corrin (The Crown)
  • Laura Linney (Ozark)
  • Sarah Paulson (Ratched)
Melhor Ator em Série Dramática
  • Jason Bateman (Ozark)
  • Josh O’Connor (The Crown)
  • Bob Odenkirk (Better Call Saul)
  • Al Pacino (Hunters)
  • Matthew Rhys (Perry Mason)
Melhor Série de Comédia
  • Emily in Paris
  • The Flight Attendant
  • The Great
  • Schitt’s Creek
  • Ted Lasso
Melhor Atriz em Série de Comédia
  • Lily Collings (Emily in Paris)
  • Kaley Cuoco (The Fligth Attendant)
  • Elle Fanning (The Great)
  • Jane Levy (Zoey’s Extraordinary Playlist)
  • Catherine O’Hara (Schitt’s Creek)
Melhor Ator em Série de Comédia
  • Don Cheadle (Black Monday)
  • Nicholas Hoult (The Great)
  • Eugene Levy (Schitt’s Creek)
  • Jason Sudeikis (Ted Lasso)
  • Ramy Youssef (Ramy)
Melhor Minissérie, Antologia ou Telefilme
  • Normal People
  • O Gambito da Rainha
  • Small Axe
  • The Undoing
  • Nada Ortodoxa
Melhor Atriz em Minissérie, Antologia ou Telefilme
  • Cate Blanchett (Mrs. America)
  • Daisy Edgar-Jones (Normal People)
  • Shira Haas (Nada Ortodoxa)
  • Nicole Kidman (The Undoing)
  • Anya Taylor-Joy (O Gambito da Rainha)
Melhor Ator em Minissérie, Antologia ou Telefilme
  • Bryan Cranston (Your Honor)
  • Jeff Daniels (The Comedy Rule)
  • Hugh Grant (The Undoing)
  • Ethan Hawke (The Good Lord Bird)
  • Mark Ruffalo (I Know This Much is True)
Melhor Atriz Coadjuvante em Televisão
  • Gillian Anderson (The Crown)
  • Helena Bonham Carter (The Crown)
  • Julia Garner (Ozark)
  • Annie Murphy (Schitt’s Creek)
  • Cynthia Nixon (Ratched)
Melhor Ator Coadjuvante em Televisão
  • John Boyega (Small Axe)
  • Brenda Gleeson (The Comedy Rule)
  • Daniel Levy (Schitt’s Creek)
  • Jim Parsons (Hollywood)
  • Donald Sutherland (The Undoing)
COMPARTILHAR
Criador da Matinê, está no 6º semestre do curso de jornalismo no Centro Universitário Ritter dos Reis - UniRitter. Aqui escrevo sobre filmes e séries a partir da minha perspectiva de mundo, sem medo de mostrar a todos o meu entendimento pessoal daquilo que assisto. O debate de pontos de vistas diferentes é livre, e sempre bem-vindo.