Timothée Chalamet como Paul Atreides em cena de "Duna". | Imagem: Divulgação/Warner Bros.

A Legendary confirmou que Duna, filme dirigido por Denis Villeneuve, está com a sua continuação garantida. A produção chegou aos cinemas brasileiros no dia 21 de outubro, mesma semana em que também estreou em mais de 4.100 salas dos Estados Unidos e Canadá, onde foi disponibilizado, ainda, na HBO Max.

Segundo a Variety, Duna: Parte Dois (título não oficial) estreia em 10 de outubro de 2023 com exibição exclusiva nos cinemas. Esse acordo foi um dos pontos fundamentais para a confirmação da sequência. O comunicado oficial foi feito através das redes sociais da Legendary, confira abaixo.

Tradução: “É apenas o começo… Obrigado a quem experimentou @dunemovie até agora, e aqueles que estão indo nos próximos dias e semanas. Estamos ansiosos para continuar a jornada!”

A Legendary é detentora de 80% dos direitos da produção, sendo ela a responsável pelos custos da produção – orçada em US$165 milhões. A Warner Bros. tem os outros 20%, ficando a cargo da distribuição do longa-metragem.

Duna estreou nos Estados Unidos e Canadá na última sexta-feira, 22, e arrecadando US$41 milhões nas mais de durante a final de semana. Estimasse que 50% desse valor tenha sido gerado em salas IMAX e Dolby Digital, que possuem melhor qualidade de som e imagem. A informação é de Rebecca Rubin, da Variety.

Ao todo, o filme estrelado por Timothée Chalamet, Oscar Isaac, Rebecca Ferguson, Jason Momoa, Josh Brolin, Stellan Skarsgård, Dave Bautista e Zendaya já faturou mais de US$220 milhões nas bilheterias de todo o mundo – dados do Box Office Mojo.

História em duas partes desde o início

Para quem não acompanha o noticiário de filmes pode ter sido uma surpresa ver “Duna: Parte Um” no começo da projeção. Principalmente com a última cena, que indica que tudo o que aconteceu antes foi apenas o começo. Porém, desde quando foi procurado para realizar a adaptação do clássico de Frank Herbert, o diretor franco-canadense Denis Villeneuve deixou claro que o seu envolvimento com a produção se daria a partir de realizá-la em duas partes. “A história é tão rica e complexa que, para sermos fiéis ao livro, precisaremos fazer pelo menos dois filmes. Esse foi um acordo desde o início”, disse o cineasta à Variety.

Até a estreia do longa-metragem, que ocorreu no último dia 21 de outubro no Brasil, a sequência ainda não estava garantida. Os resultados nas bilheterias e na plataforma de streaming da WarnerMedia, a HBO Max, foram pontos importantes para que Duna tivesse sua segunda parte confirmada. Na plataforma de streaming, o longa-metragem foi assistido mais de 1,9 milhões de vezes, superando o recorde de 1,8 milhões de plays de Liga da Justiça de Zack Snyder.

Ainda é cedo para as primeiras informações sobre a parte dois, mas Duna (parte um) segue em cartaz nos cinemas. Leia a crítica da Matinê Cine&TV sobre o filme e assista ao trailer legendado abaixo.

COMPARTILHAR
Criador da Matinê, está no 6º semestre do curso de jornalismo no Centro Universitário Ritter dos Reis - UniRitter. Aqui escrevo sobre filmes e séries a partir da minha perspectiva de mundo, sem medo de mostrar a todos o meu entendimento pessoal daquilo que assisto. O debate de pontos de vistas diferentes é livre, e sempre bem-vindo.