Imagem: SpoilerTV
Imagem: SpoilerTV
Imagem: SpoilerTV

É pessoal! Desde já pedindo mil desculpas pelos atrasos, mas estamos voltando ao ritmo normal e as resenhas semanais estão garantidas. Para começar mais essa review dupla de Supernatural, falaremos do episódio Love Hurts, que está cheio de emoções, ao ponto de termos os corações arrancados do peito. Em homenagem ao dia dos namorados, que ocorreu dia 14 de Fevereiro, teremos um caso com muitas intrigas, segredos, traições e amor. Ah o amor!

Como vimos nos episódios anteriores, Dean encontra-se em um dilema,  o irmão mais velho de Sam, não está sabendo como lidar com seus sentimentos confusos por Amara. A atração pela Escuridão, está impedindo que ele pense claramente, fazendo com que suas ações não sejam confiáveis.  Essa atração forte e inexplicável, transformará o primogênito dos Winchester em um alvo de uma sangrenta maldição.

Lidando com um mal que é passado pelo beijo e alimentado por paixão, atração, traição e amor, os irmãos entram em uma corrida contra o tempo, para que mais nenhum coração seja arrancado. Com um toque de bruxaria, romance e muito sangue, somos levados a uma cena final, que demonstra que a relação de confiança entre os irmãos será uma das principais armas para destruir Amara. Pois se um está fraco, o papel do outro é ser forte pelos dois.

Imagem: SpoilerTV
Imagem: SpoilerTV

Continuando nossa review, agora sobre episódio The Vessel, que nos levará à Segunda Guerra Mundial, onde temos um surpreendente flashback, introduzindo a volta dos mundos paralelos, proporcionado pela viagem no tempo e alguns personagens novos e marcantes.

Com o reaparecimento de Cass (Lúcifer) e a descoberta de uma possível arma capaz de destruir a escuridão, Dean concorda em visitar o passado, deduzindo que será uma missão rápida e fácil, mas acaba preso em um submarino que está prestes à ser atacado e destruído. Enquanto isso, Sam, fica na companhia de Cass (Lúcifer), procurando um meio de mandar o Arcanjo para  o passado e trazer seu irmão de volta. Mas como toda ação tem sua reação, durante esse processo, a verdadeira identidade de Castiel é revelada.

Com esses acontecimentos, os Winchester acrescentam uma nova missão em sua lista, salvar Cass antes que seja tarde demais. Aí as seguintes questões surgem: Será que Castiel quer ser salvo? Lúcifer realmente pode eliminar a Escuridão? Destruir Amara é mais importante que a vida de um amigo?

COMPARTILHAR
Pedagoga, apaixonada por livros, filmes e séries que envolvam muito mistério, romance e ficção. Dorameira assumida que descobriu as maravilhas cinematográficas do continente asiático!