[Review] Gotham – 2×01 – Damned If You Do

Compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Email this to someone
Imagem: Arquivo Pessoal/Matheus Machado
Imagem: Arquivo Pessoal/Matheus Machado

“You can’t have both happiness and the truth. You have to choose.”

Finalmente Gotham está de volta. Essa premiere era uma das que eu mais esperava e tinha grandes expectativas que foram superadas, depois desse ótimo episódio.

Damned If You Do” começa trazendo uma pequena continuação ao final da temporada passada, mostrando Bruce e Alfred descendo as escadas da passagem secreta que a lareira escondia. Ao acharem a porta do esconderijo eles não conseguiram abrir, pois não tinham o código. Na hora que eles erraram até pensei que a senha fosse BRUCE, mas achei um pouco tolo da minha parte pensar em algo tão óbvio, e foi uma pena porque eu estava certo.

Em um primeiro momento, após um mês, a preocupação inicial do episódio foi mostrar como tudo ficou depois de todos aqueles acontecimentos. Oswald (Pinguim) realmente virou o Rei de Gotham, assumindo o controle da “família” de Falcone. A única diferença é que Carmine Falcone era um personagem elegante e cordial. Essas duas características são substituídas pela insanidade e pelo cinismo de Oswald Cabblepot.

Já que toquei no assunto de loucura, e o Mrs. Nygma? Com certeza ele está desenvolvendo a dupla personalidade que vai fazer dele o famoso Charada, que no cinema foi interpretado por Jim Carrey. A cena que confirma isso é obviamente a do espelho no vestiário da delegacia. Aquele diálogo foi simples, mas fantástico. Cory M. Smith é um ator que definitivamente combina com o seu personagem. Por mais que a série venha a ganhar muitos destaques eu espero muito do Nygma e ver como o Charada vai ser desenvolvido, desde sua essência.

James Gordon roubou a cena, de novo. O foco foi quase todo nele. No início vimos que Jim acabou como um guarda de trânsito, e como a confusão procura o ex-detetive onde quer que ele esteja Gordon parou o grande (de tamanho mesmo) Zaardon. E depois de ser demitido do GCPD ele recorre ao Pinguim, para poder voltar ao departamento. Não foi surpresa, na mesma hora ele iria pedir a ajuda do old freind. Só fiquei decepcionado com o caso do Bullock, mas se ele está feliz então tudo bem. (Sqn).

Imagem: Banco de Séries
Imagem: Banco de Séries

Outro evento marcante foi as cenas decorrentes do Arkham Asylum. Visualizamos novamente a conversa medonha entre Barbara e Jerome, que um dia serão chamados de Coringa e Arlequina, aguardem. Depois que Barbara assumiu o controle da situação, Zaardon chega em Arkham e junto dele a nova personagem Tabitha Galavan, Tigress. Selecionando alguns dos loucos do lugar para levá-los ao irmão, Theo Galavan. Esse sim será a grande incógnita da temporada. Muitos falam que seria o Ra’s Al Ghul e outros dizem que não. Sinceramente não vou me meter nessa batalha, vamos apenas aguardar como ele será apresentado e desenvolvido na série.

Por fim afirmo que a 2ª temporada de Gotham será uma das melhores da Fall Season 2015-2016. Com tanta história fascinante para contar, tantas referências e easter eggs que veremos, como não ter uma temporada maravilhosa na série? E para a alegria e curiosidade de todos, assistam a promo do próximo episódio de Gotham logo abaixo.

 

 

Compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Email this to someone
,

Comentários

Editor-chefe e criador da Matinê Cine&TV. Fã de Harry Potter, O Senhor dos Anéis, Planeta dos Macacos, Star Trek, Star Wars, Marvel, DC Comics. Na TV The Walking Dead, Shameless, Jessica Jones, The Handmaid’s Tale, entre outras, são algumas das suas favoritas.

Você Também Pode Curtir