[Review] Blindspot – 1×02 – A Stray Howl

Compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Email this to someone
Imagem: SpoilerTV
Imagem: SpoilerTV

O que você espera de uma série que envolve FBI e segredos? Conspirações do governo, sujeira por baixo do tapete e muitos arquivos confidenciais. Foi isso que o segundo episódio de Blindspot trouxe ao seu público.

Temos como cena inicial um ataque contra a vida de Jane Doe, mas não querendo apressar a história, voltamos 10 horas no tempo para presenciar os acontecimentos que antecederam o perigo.

Quando flashbacks começam a incomodar Jane, cresce a sua preocupação sobre que tipo de pessoa ela poderia ter sido. Através de outra tatuagem do corpo da desconhecida, o FBI acaba se envolvendo em um caso onde terá que descobrir o segredo escondido pelas Forças Aéreas, que está levando um homem a cometer crimes. Antes que os envolvidos e pessoas inocentes sejam mortos.

Imagem: SpoilerTV
Imagem: SpoilerTV

Enquanto isso Agent Weller tem uma forte desconfiança sobre o passado e a verdadeira identidade de Jane. Se as suspeitas de Kurt estiverem corretas, o jogo de quebra-cabeça que todos foram envolvidos está longe de ser resolvido e as respostas podem estar na ligação entre o passado, o presente e o futuro.

Vocês estão prontos para descobrirem alguns segredos do passado do Agent Kurt Wellen? Qual a ligação entre um dos melhores agentes do FBI e uma desconhecida tatuada? Essas são algumas das perguntas respondidas nesse episódio, o que significa que mais dúvidas irão surgir.

Compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Email this to someone
,

Comentários

Estudante de Pedagogia, apaixonada por livros, filmes e séries que envolvam muito mistério, romance e ficção. Na sua lista de favoritos estão: Supernatural, Criminal Minds, Once Upon a Time, Bones e Scream.
Sempre em busca de novas aventuras e emoções, o que significa que essa lista ainda vai crescer, e muito!

Você Também Pode Curtir