“…nós o vimos como entretenimento”, diz Christopher Nolan sobre “Dunkirk” e as possibilidades no Oscar

Compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Email this to someone
Christopher Nolan nos bastidores de Dunkirk
Reprodução/IMDb

Christopher Nolan divide opiniões, mas Dunkirk, seu mais recente trabalho, foi o oposto disso quando foi aclamado pela crítica especializada. O diretor, recentemente, foi entrevistado pela Variety e apresentou o filme, em uma sessão IMAX, para os votantes da Acadêmia de Artes e Ciências Cinematográficas, seguido de uma rodada de Q&AQuestions and Answers.

Para o diretor, Dunkirk, inicialmente, seria apenas um blockbuster com a intenção de alcançar o maior número possível de pessoas. O filme, exibido nos cinemas durante o verão americano, teve uma arrecadação mundial de US$ 524 milhões nas bilheterias, que somado a aclamação da crítica, tem o sucesso como resultado. Além disso, o diretor não tinha pretensões de fazer de Dunkirk um filme para premiações, por isso escolheu lançar o longa durante o verão americano, e não no final do ano como são lançados os possíveis indicados ao Oscar e outros prêmios.

“Como diretor, tento mostrar às pessoas coisas que nunca antes viram.”, diz Nolan. “Nós o vimos como um blockbuster. É um (termo) estranho para usar em relação ao assunto, mas nós o vimos como entretenimento, mesmo que seja intenso e tenha suspense. Nós queríamos que ele atingisse o maior público possível, e isso acontece no verão… Não vi isso como um filme de guerra. Eu vi isso como uma história de sobrevivência.”

Imagem: Divulgação/ Warner Bros. Pictures

Na entrevista, Christopher Nolan revelou que pediu ajuda para o colega e amigo Steven Spielberg, solicitando uma cópia original de O Resgate do Soldado Ryan (filme de 1998 vencedor em cinco categorias do Oscar) para apresentar à sua equipe.

“Percebi que estava procurando um tipo diferente de tensão.”, diz Christopher Nolan ao se referir a abertura de O Resgate do Soldado Ryan. “Eu precisava de suspense, e o idioma do suspense é aquele em que você não pode tirar os olhos da tela… É uma forma diferente de tensão. Nós construímos nossos set-pieces não em torno da violência, não em torno do sangue, mas em torno do risco físico… Tudo vem em você, e é imediato e visceral.” continuou o diretor.

Dunkirk estreou nos cinemas brasileiros no dia 27 de julho, trazendo a história da famosa Operação Dínamo, ou a Evacuação de Dunquerque, quando soldados da Bélgica, do Império Britânico e da França foram cercados por nazistas e precisaram ser resgatados durante um dos embates mais emblemáticos e ferozes da Segunda Guerra Mundial.

Compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Email this to someone
, ,

Comentários

Editor-chefe e criador da Matinê Cine&TV. Fã de Harry Potter, O Senhor dos Anéis, Planeta dos Macacos, Star Trek, Star Wars, Marvel, DC Comics. Na TV The Walking Dead, Shameless, Jessica Jones, The Handmaid’s Tale, entre outras, são algumas das suas favoritas.

Você Também Pode Curtir