Crítica | Riverdale – 1×02 – A Touch of Evil

Compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Email this to someone
Segundo episódio mantém o bom nível do piloto
Riverdale
Imagem: Banco de Séries

Neste segundo episódio de Riverdale conhecemos um pouco mais dos personagens, por exemplo, Jughead Jones (Cole Sprouse), que apesar de ser o narrador, não teve muito tempo de tela no episódio anterior. Sua relação com Archie Andrews (K.J. Apa) foi melhor trabalhada nesse episódio, e se os dois estavam afastados por algum motivo, ainda não mencionado, e isso ficou no passado. Aliás, Jughead desconfiou que Archie estava escondendo algo, para pouco tempo depois descobrir do caso do amigo com a professora.

Leia também: “Primeiras Impressões | Riverdale

A “Touch of Evil” também trouxe mais conhecimento sobre Alice Cooper (Mädchen Amick), mãe da Betty Cooper (Lili Reinhart). A mulher deixa claro que não suporta a família Blosson, subornou o legista e descobriu antes de todos a causa da morte de Jason Blosson (Trevor Stines). Apesar de guardar muitos segredos, como o motivo de ter internado sua filha louca que era namorada de Jason, não parece que ela seja a assassina do garoto.

Apesar de trazer pontos positivos, o que tem de mais fraco na série até o momento é justamente o que deveria ser um romance de Archie e Betty. Quando a história foca no relacionamento de ambos, não empolga, talvez pela falta de química entre os atores. A cena final em que Archie, Betty, Jughead e Veronica Lodge (a excelente Camila Mendes) se encontram no Pop’s após as amigas fazerem um juramento, mostra o quanto esse quarteto é promissor quando o foco não é o amor da garota pelo jogador de futebol.

No fim, quando tudo parecia acabado eis que Cheryl Blosson (Madelaine Petsch) é levada pela polícia como a principal suspeita pela morte do irmão. Na cena em que ela chora no vestiário e desabafa com Veronica, deu a entender que ela estava escondendo algo, porém, esse plot twist no final do episódio foi uma grande surpresa. A morte de Jason deixa muitas perguntas no ar, e algumas já devem ser respondidas no próximo episódio.

Avaliação

(Ótimo)

Compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Email this to someone
, , , , , , ,

Comentários

Futuro pedagogo e jornalista. Apaixonado desde sempre por televisão, música e cinema. Criador do blog ‘Jurandir Dalcin Comenta’ que completa cinco anos neste ano.

Você Também Pode Curtir