[Review] Scream – 2×06 – Jeepers Creepers

Compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Email this to someone
Imagem: Banco de Séries
Imagem: Banco de Séries

Scream caiu na previsibilidade, o roteiro não surpreende, mesmo com boas tentativas o episódio fica muito parecido com um que tivemos na primeira temporada. Fato é que infelizmente algumas referências aos filmes de terror que a série está fazendo, estão atrapalhando e empobrecendo o roteiro da atual temporada.

As desconfianças só aumentam para cima do Xerife, Kieran e Audrey, para aqueles que acham algo do prefeito, lamento dizer que esse não mata nem mosca com raquete elétrica, quem dirá pessoas. Já que a série está com um roteiro mega previsível, tenho quase certa que na verdade do pai de Brooke é um corrupto sem vergonha, nada mais, nada menos.

Vendo os rumos que a série está tomando percebo que o roteiro está bem perdido; o primeiro motivo disso é o fato de cada episódio ter o nome e a tarefa de referência a um filme de terror; segundo que isso está claramente atrapalhando no desenvolvimento do plot da segunda temporada, além de enredar a história e atrapalhar outros fatores importantes como o tom e o ritmo, pois esse episódio seria mais um de transição, mas que faria a história andar ainda mais. Mas não fez.

Em um contexto geral, a série está muito confusa em seus conceitos, e isso está atrapalhando o que deveria ser o melhor: Ghostface. O assassino tem bons momentos, mas a maioria não me agradou até o momento, não se sabe se ele faz tortura psicológica, mata, brinca, liga, troca sms ou brinca de esconde- esconde. Acho que tentar mudar tanto a personalidade de um dos fatores mais importantes da história não está caindo bem.

Para você perceber bem o que estou querendo dizer, pense no Noah, é isso mesmo, no que deveria ser o melhor personagem da séria, mas só deveria. Na primeira temporada ele era bem mais leve, realmente era o cara do alívio cômico, mas essa carga emocional que estão colocando em cima dele não está legal. Assim percebe-se como os conceitos estão bagunçados.

Imagem: Banco de Séries
Imagem: Banco de Séries

Veja bem, outro problema foi o plot da Audrey nesse episódio, foi até meio ridículo, pois na hora que ela viu o celular imaginei “garanto que ela vai se fazer de ghostface pra pegar o Noah“, até achei que estava pensando bobagem, mas tinha um bom fundo de verdade. Fora o aparecimento aleatório, e esperado, de Kieran na hora da perseguição, a cena foi muito bizarra, pois seria bem bacana darem uma certa continuidade e mostrar o Ghostface.

Ainda é possível termos dois assassinos, pois ficou bem confuso a linha temporal do episódio, separando o plot da Brooke, e dando a entender que ambos os fatos estavam ocorrendo no mesmo momento. Pode até ser bobeira minha, mas também pode ser um erro de continuidade horrível do roteiro.

Jeepers Creepers só veio me dar um recado, que eu já estava achando há algum tempo, a primeira temporada estava um pouco melhor, pelo menos não tinha essa bagunça de todo o episódio fazer referência a uma série ou filme. Scream precisa melhorar, já que o boato de que a série será cancelada nessa segunda temporada está ganhando força. Independente de ser cancelada na MTV e ganhar continuidade na Netflix, Scream precisa melhorar e muito, pois não está fazendo jus aos filmes do Pânico.

Scream¹: Esse lance da confusão está me irritando um pouco, Stavo era suspeito, agora está virando queridinho, em contraste ao pai, pois no início o Xerife era bacana, agora está ficando um pé no saco. Mesmo assim Stavo ainda é meio estranho, e ele tirando foto de máscara foi só para despistar.

Compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Email this to someone
, ,

Comentários

Editor-chefe e criador da Matinê Cine&TV. Fã de Harry Potter, O Senhor dos Anéis, Planeta dos Macacos, Star Trek, Star Wars, Marvel, DC Comics. Na TV The Walking Dead, Shameless, Jessica Jones, The Handmaid’s Tale, entre outras, são algumas das suas favoritas.

Você Também Pode Curtir