Crítica | The Flash – 3×09 – The Present

Compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Email this to someone
Último episódio de The Flash em 2016 traz muitas surpresas
The Flash
Imagem: Banco de Séries

No último episódio de 2016 de The Flash, várias perguntas foram respondidas e novas surgiram (obviamente). O episódio também marcou o confronto de Savitar e Alquimia vs. Team Flash.

Jay Garrick (John Wesley Shipp) da terra-3 apareceu no episódio para ajudar Barry (Grant Gustin) a derrotar Savitar, e a participação dele nos trouxe o conhecimento que estava faltando sobre a origem do Deus da Velocidade, além de mais uma cena de luta entre dois velocistas com muitos efeitos estranhos (para não dizer fracos). Na hora de solicitar a ajuda de Jay, houve uma rápida aparição do trapaceiro, apesar de ter sido só por alguns segundos, é sempre ótimo assistir a interpretação de Mark Hammil.

A revelação sobre o passado de Julian (Tom Felton) foi uma grande surpresa do episódio, pois ele parecia estar ciente de que era o Alquimia e que fazia aquilo conscientemente. O fato de ter sido enganado por Savitar, para “salvar a irmã dele”, deu ao personagem uma chance de vê-lo futuramente integrando o Team Flash e ajudando Barry. A facilidade que Barry tem de mostrar sua identidade secreta para Julian também é surpreendente (de forma negativa). Enquanto para Patty (Shantel VanSanten), na segunda temporada, não o fez, o que acabou afastando uma das personagens mais amadas da série.

A história da pedra utilizada por Alquimia para criar meta-humanos foi finalmente explicada. A Pedra Filosofal foi uma clara referência ao livro/filme de Harry Potter, saga que Felton participou. Depois de ter perdido o controle sobre Julian, Savitar usou a pedra e a fraqueza de Cisco (o irmão morto) para sair da força da aceleração e quase matar Barry e Wally (Keiynan Lonsdale).

Por outro lado, se teve algo que “The Present” fez de bom, foi jogar a pulga atrás da orelha dos fãs. No momento em que Barry e sua equipe conseguem se comunicar com Savitar através de Julian, as bombas foram soltadas. O Deus da Velocidade acaba revelando que é do futuro e que a raiva que sente de Barry é por ele, no futuro, ter o aprisionado. Pior que isso foi quando ele revelou que conhece todos os que estavam ali, dizendo que um deles vai trair o time, outro morre e um teria um destino pior do que a morte.

Então, os dados das apostas foram lançados para saber à quem pertence cada futuro. Pelo que vimos na sequência do episódio, Íris (Candice Patton) será aquela que irá morrer, Barry pela primeira vez viaja para o futuro e presencia a morte da amada, morte esta que irá ocorrer daqui a 5 meses, ou seja, daqui para o final dessa temporada iremos rever essa cena, mas talvez com um final diferente.

Mesmo unindo forças com Jay e ter jogado a pedra filosofal na força de aceleração, sabemos que pela visão que Barry teve do futuro, Savitar deverá voltar logo para atormentar a vida do Flash. Além disso o Team Flash acaba de oficializar Wally como novo membro da equipe, tendo recebido sua roupa de Kid Flash. Parece que a temporada de The Flash ainda promete muito.

Avaliação

(Muito bom)

Compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Email this to someone
, , , , ,

Comentários

21 anos, estudante de Química do Petróleo, viciado em séries. minhas preferidas são Fringe e Hannibal, mas sou fanático por séries baseadas em quadrinhos como The Flash, Arrow, Gotham, Supergirl, Agents Of Shield e Demolidor.

Você Também Pode Curtir