[Review] Scream – 2×07 – Let the Right One In

Compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Email this to someone
Imagem: Banco de Séries
Imagem: Banco de Séries

Com certeza o episódio que mais me agradou em toda a temporada de Scream. Com um roteiro confuso e sem saber para onde anda, a temporada está inferior ao primeiro ano, mas Let the Right One In foi o episódio mais Scream que vi nessa temporada. A história não evoluiu muito, mas foi o tipo de episódio que eu queria ver.

Dessa vez até o Ghostface foi mais ele mesmo, aquela perseguição dele no corredor, com o vítima batendo nele e depois sendo jogada da escada é o tipo de momento que eu sinto falta em Scream, e faz tempo. Tudo bem que esse Ghostface está muito em divida porque a Lang não morreu e o Seth também não, mesmo com a cena da casa pegando fogo no final ainda dá para termos nossas dúvidas. Mas nesse ponto foi um bom avanço.

Outro que eu estava sentindo falta era o Noah, esse sim vai ser virgem para sempre. Foi o melhor episódio dele na temporada, e desculpem-me os fãs, mas não gosto muito da Audrey, e sinceramente não entendo como o foco da temporada começou nela e não continuou. Isso mostra bem a confusão do roteiro porque agora o foco está divido entre Brooke e Emma.

Essas duas poderiam estar no mesmo núcleo, já que aparentemente o Ghostface está sendo um pouco possessivo em relação a elas, pois sempre tenta atingir pessoas ao seu redor que não estão agradando. Fora que o jogo com os suspeitos está meio confuso ainda, pois alguns acontecimentos são feitos intencionalmente, mas sem propósito porque logo são desmentidos. Fato que aconteceu com a professora Lang nesse episódio, assim como o Xerife e a mãe da Emma, demonstrando que mesmo trabalhando juntos, ainda há uma treta escondida. Ainda mais quanto ao Xerife e o Kieran.

Kieran e Stavo foram dois personagens que mal apareceram no episódio, na verdade um teve seus momentos e o outro nem deus as caras. A volta de Zoe mostra que ela realmente tem motivos obscuros para ter sumido na primeira temporada, será ela ajudante do Ghostface? Poderia ser, é a pessoa que mais conhecia a Emma na época, pois eram melhores amigas no início da série e pode haver um certo tipo de rancor de uma com a outra. O bom é que a Emma está começando a surtar, ficando de saco cheio de certos acontecimentos na sua vida e é aí que ela pode se tornar uma boa protagonista (apesar de ser o meu guilty pleasure).

Mesmo com algumas melhoras, o enredo dessa temporada ainda está devendo. Já estamos no sétimo episódio e a história não anda, por isso sempre acho complicado mudarem a equipe que está na criação da série porque sempre existem promessas. Um bom exemplo é Arrow, promessas e mais promessas antes de cada temporada, e vejam o jeito que a série está agora.

Nota do autor para o episódio:
Compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Email this to someone
, , ,

Comentários

Editor-chefe e criador da Matinê Cine&TV. Fã de Harry Potter, O Senhor dos Anéis, Planeta dos Macacos, Star Trek, Star Wars, Marvel, DC Comics. Na TV The Walking Dead, Shameless, Jessica Jones, The Handmaid’s Tale, entre outras, são algumas das suas favoritas.

Você Também Pode Curtir